ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, SEXTA  03    CAMPO GRANDE 29º

Política

Em Campo Grande, Lula deve reunir mil lideranças do PT no Ondara Buffet

Por Zemil Rocha | 12/11/2013 15:57
Presidente Lula está chegando hoje para evento às 18 horas em Corumbá  (Foto: O Globo)
Presidente Lula está chegando hoje para evento às 18 horas em Corumbá (Foto: O Globo)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve reunir cerca de mil pessoas amanhã na reunião com lideranças do PT no Ondara Buffet, em Campo Grande. O evento no Ondara, nesta quarta-feira (13), às 15 horas, contará com a presença do senador Delcídio do Amaral, do ex-governador Zeca do PT e das bancadas estadual e federal do PT de Mato Grosso do Sul, prefeitos e vereadores petistas. 

Acompanhado de uma equipe técnica, o presidente regional do PT, Marcus Garcia, esteve no Ondara Buffet para ver os preparativos para o evento com os petistas, que acontecerá após Lula se reunir com empresários na Federação das Indústrias (Fiems).

No final desta tarde de terça-feira (12), Lula deve chegar a Corumbá, onde, às 18 horas, conforme a agenda, vai participar de um evento sobre a integração latino-americana, com a presença de autoridades políticas do Paraguai e da Bolívia.

A vinda de Lula ao Estado, segundo Marcus Garcia, fortalece a união do partido, que está prestes a definir, em conjunto, as diretrizes para as alianças e a campanha do senador Delcídio do Amaral ao governo em 2014. “Nós temos no PT nacional uma base sólida, que nos mostra o seu apoio também com as visitas das mais importantes lideranças, que especialmente vieram em nosso estado neste ano de 2013, como o Ministro da Educação Aloísio Mercadante e a presidente Dilma”, destacou o dirigente.

Garcia acredita que a presença de Lula vai contribuir para fortalecer a militância do partido. “Lula dispensa comentários quando o assunto é força política e força de trabalho. E nós sabemos que essa é a hora de trabalhar ainda mais, é hora de estarmos unidos para definir o melhor para Mato Grosso do Sul no ano que vem, a vinda do ex-presidente foi marcada para um momento realmente oportuno”, afirmou.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário