A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

03/10/2014 16:42

Em MS, 1,8 milhão vão às urnas para eleger os representantes no domingo

Michel Faustino e Leonardo Rocha
1,8 milhão de eleitores devem ir às urnas neste domingo em todo o Estado. (Foto: Marcos Ermínio)1,8 milhão de eleitores devem ir às urnas neste domingo em todo o Estado. (Foto: Marcos Ermínio)

Aproximadamente 1,8 milhão de eleitores sul-mato-grossense devem comparecer às 5.744 seções eleitorais distribuídas pelos 79 municípios do Estado neste domingo (5) para escolher os candidatos à presidência da republica, governo do estado, senado, deputado estadual e federal.

Conforme o TRE-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), como algumas zonas são agregadas, ou seja, funcionam junto a outras, o número de urnas eletrônicas disponíveis aos sul-mato-grossenses é de 5.566. O tribunal revela ainda que cada equipamento estará sob os cuidados de um presidente de seção.

Para as eleições deste ano, cerca de 23 mil mesários foram mobilizados. Cada mesário vai receber R$ 25,00 de auxílio alimentação para o dia da eleição.

Já o presidente da seção, que também é responsável pelo transporte da urna recebe além deste valor, outros R$ 35,00 para despesas com combustíveis. No Estado, a Justiça Eleitoral irá gastar aproximadamente R$ 770 mil com os voluntários que vão trabalhar como mesários no pleito.

Lei seca - O TRE-MS decidiu que nesta eleição haverá a implantação da lei seca das 3h da madrugada do domingo até às 17h, ao final da votação, quando é proibido a venda e consumo de bebidas alcoólicas em bares, lanchonetes e estabelecimentos similares.

Pela diminuição de casos nos últimos anos, o famoso "cadeião" não irá funcionar neste pleito, mas o vice-presidente do TRE-MS, o desembargador João Maria Lós, garantiu que irá existir uma força - tarefa na fiscalização da eleição, para coibir eventuais compras de voto por cabos eleitorais dos candidatos.

Denuncias - O Tribunal teve até o momento 334 denúncias de possíveis irregularidades durante a campanha, sendo a propagada em meios eletrônicos, principalmente na internet, a líder do índice com 77 ocorrências. Depois aparece reclamações sobre cavaletes, bonecos e cartazes, em vias públicas, com 75. Na terceira colocação vem a compra de votos, que possui 50 casos, restando dois dias para eleição.

A propaganda na véspera da eleição será permitida até às 22 horas, entre elas distribuição de material gráfico, caminhada, carreata, carros de som e colocação de cavaletes, cartazes e distribuição de material, desde que estes não dificultem o bom andamento do trânsito das pessoas e veículos. Ficou vedada apenas a propaganda e divulgação em imprensa escrita, neste sábado.

Sorteio - Amanhã deve ocorrer o sorteio das urnas eletrônicas no TRE-MS, a partir das 9h, que serão usadas na votação paralela. Em Mato Grosso do Sul duas foram escolhidas, uma da Capital e outra do interior. Esta ação é uma forma de auditoria adotada pelos tribunais, para confirmar a segurança do procedimento.
No dia da votação este procedimento é acompanhado por representantes dos partidos, assim como da OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil de MS) e Ministério Público. O objetivo é mostrar que o número digitado, corresponde a escolha do eleitor.

Alteração - A Justiça Eleitoral também alterou o endereço de 19 locais de votação, sendo 15 no interior e quatro na Capital. Foi aconselhado que o eleitor consulte o seu local no site do TRE-MS, para não haver erro no dia votação.

Na Capital, os locais que sofreram alteração foram agência bancária do HSBC e unidade do Sesi (Serviço Social da Indústria do Mato Grosso do Sul) da Afonso Pena, bem como no Ceinf (Centro de Educação Infantil) Floria Britez de Eugênio e Escola Estadual Maria de Lourdes Widal Roma, localizados na Moreninha II.

Os novos locais, respectivamente, são as escolas estaduais Joaquim Murtinho e Arlindo Sampaio Jorge, assim como a municipal José Mauro Messias da Silva e unidade da Facsul (Faculdade Mato Grosso do Sul) no Bairro Amambaí.
As mudanças no interior foram em três locais em Corumbá, dois em Três Lagoas e Bonito, assim como em Nova Andradina, Paranaíba, Camapuã, Sidrolândia, Paraíso das Águas, Dourados, Ladário e Terenos, que tiveram uma alteração.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions