ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  20    CAMPO GRANDE 17º

Política

Em votação apertada, vereador é eleito presidente municipal do MDB

Jamal Salem recebeu 14 dos 42 votos válidos em eleição realizada nesta terça-feira (16)

Por Gustavo Bonotto e Fernanda Palheta | 16/04/2024 20:05
O vereador e agora eleito presidente-municipal do MDB em Campo Grande, Jamal Salem. (Foto: Alex Machado)
O vereador e agora eleito presidente-municipal do MDB em Campo Grande, Jamal Salem. (Foto: Alex Machado)

O vereador Jamal Salem foi eleito, no início da noite desta terça-feira (16), presidente municipal do MDB (Movimento Democrático Brasileiro). A votação aconteceu com 42 dos 45 membros presentes no diretório da sigla, situado no Bairro Carandá Bosque, em Campo Grande.

A disputa, no entanto, foi acirrada. Salem teve 14 votos válidos e competiu pelo cargo com Youssif Domingos (12 votos), Djalma Santana (11 votos) e Vanderlei da Silva Matos, o "Vanderlei Cabeludo" (4 votos).

Para a reportagem, o novo presidente destacou que deseja trabalhar pelo MDB. "Estamos nos fortalecendo e nos preparando para a próxima disputa, as eleições de outubro, e assim fazer a maior bancada de vereadores na Câmara Municipal".

O ex-governador André Puccinelli abriu a urna e contabilizou os 42 votos. O pré-candidato a prefeito de Campo Grande ressaltou que independente do resultado todos se unirão em torno do MDB e afirmou que os quatro candidatos mostraram um grau de responsabilidade.

Já o presidente estadual da sigla e ex-senador Waldemir Moka apontou que o partido está mobilizado. "O partido é orgânico. A disputa por quatro candidatos mostra que o partido está vivo. O novo presidente tem a missão de organizar a convenção que vai indicar os candidatos a vereadores e o candidato a prefeito e as alianças, no caso do partido fazer alianças", disse.

A eleição para a presidência do partido ocorreu em um momento atípico. A cadeira foi desocupada por Ulisses Rocha, que deixou o MDB para se filiar ao PP (Progressistas) e assumir a função de secretário adjunto da Segov (Secretaria Municipal de Governo e Relações Institucionais).

Ficou atuando interinamente a ex-deputada estadual Antonieta Amorim que era vice-presidente do diretório. Ela decidiu abrir mão da função e, portanto, foi necessário uma nova eleição.

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News

Receba as principais notícias do Estado no WhatsApp. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nas redes sociais: Facebook, Instagram e TikTok.

Nos siga no Google Notícias