A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Agosto de 2017

01/01/2017 22:47

Equipe é preparada, técnica e está ciente dos problemas, diz secretário

Secretários, presidentes e diretores de fundações e agências tomaram posse dos cargos

Mayara Bueno e Leonardo Rocha
Secretariado, diretores e presidentes do novo prefeito, Marquinhos Trad (PSD). (Foto: Alcides Neto)Secretariado, diretores e presidentes do novo prefeito, Marquinhos Trad (PSD). (Foto: Alcides Neto)
Secretário de Saúde, Marcelo Vilela, discursou em nome do primeiro escalão. (Foto: Alcides Neto)Secretário de Saúde, Marcelo Vilela, discursou em nome do primeiro escalão. (Foto: Alcides Neto)

Uma equipe preparada, com perfil técnico e consciente dos problemas. Assim definiu o primeiro escalão do prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), o secretário municipal de Saúde, Marcelo Vilela, que tomou posse no cargo, junto com outros 10 titulares de pastas municipais, além de agências e fundações, neste domingo (1º).

“Nesse momento de crise econômica, mesmo com todo o pessimismo, não há razão para esta equipe entrar sem otimismo”, discursou o orador da equipe. O titular afirma que o time terá “uma nova postura” à frente de Campo Grande, “tendo consciência da gravidade dos problemas”.

Afirmou, ainda, que todos os secretários e diretores-presidentes farão uma radiografia geral em cada pasta, para definir as medidas que serão tomadas e “que não traumatizem o orçamento”. A secretaria que comandará foi recebida como “um grande desafio”, afirmou. “É um sistema complexo, difícil e uma tarefa muito extensa, mas que resolvi assumir”.

Ainda em discurso, Vilela afirmou que o primeiro escalão tem uma “grande responsabilidade social”, e, mesmo em “desvantagem no placar”, em relação à crise, “é uma equipe preparada, técnica, que é capaz de melhorar as condições da cidade”.

O novo secretário afirmou que a maioria dos titulares conseguiria ter uma remuneração maior na iniciativa privada, mas resolveram aceitar o desafio do poder público. “Oportunidade de fazer história”.

Adriane Lopes, que tomou posse como vice-prefeita, lembrou que foi uma campanha difícil, com ataques, mas que no pouco tempo eles conseguiram se preparar para assumir a cidade. “Esta equipe está pronta para contribuir com o prefeito”.

Tomando posse como prefeito, Marquinhos Trad garantiu que, com os novos secretários, haverá aplicação correta do recurso público, “moralidade nas ações e uma gestão moderna e eficiente, com a participação da comunidade”. “Os escolhidos não foi por interesse e, sim, sob a orientação a orientação de Deus”.

Secretários em cerimônia de posse. (Foto: Alcides Neto)Secretários em cerimônia de posse. (Foto: Alcides Neto)
Equipe é preparada, diz secretário. (Foto: Alcides Neto)Equipe é preparada, diz secretário. (Foto: Alcides Neto)

Secretários - Foram empossados os secretários Valério Azambuja (Segurança), Pedro Pedrossian Neto (Planejamento e Finanças), Evelize Ferreira (Gestão), Antônio Lacerda (Governo), Rudi Fioresi (Infraestrutura), José Marcos da Fonseca (Meio Ambiente e Gestão Urbana), Luis Fernando Buainain (Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia), Ilza Mateus de Souza (Educação).

Além de Marcelo Vilela (Saúde), Maria Angélica Fontanail (Assistência Social), e Neide Brun (Turismo e Cultura). O procurador-geral do município, Alexandre Aválos, o controlar de Transparência, Evandro Ferreira, o chefe de gabinete, Alex Gonçalves e o sub-prefeito de Anhanduí, Ernesto Francisco Santos.

Além dos diretores-presidentes das agências, fundações e institutos municipais: Laurdo Davi (IMPCG), Eneas Carvalho Neto (Emha), Berenice Jacob (Planurb), Vinícius Leite (Agereg), Janine Lima Bruno (Agetran), Paulo Fernando Garcia (IMTI), Rodrigo Barbosa Terra (Funesp) e Cleiton Freitas Franco (Funsat).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions