ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  22    CAMPO GRANDE 23º

Política

Estão querendo se juntar aos bons, diz Puccinelli sobre aliança com o PT

Por Wendell Reis | 06/02/2012 13:52
Puccinelli se mostrou espantado com a possibilidade de aliança com o PT(Foto:Marlon Ganassin)
Puccinelli se mostrou espantado com a possibilidade de aliança com o PT(Foto:Marlon Ganassin)

O governador André Puccinelli (PMDB) se mostrou admirado com a declaração do ex-governador Zeca do PT, de que poderia compor uma aliança com ele e Delcídio em 2014. “Rapaz. Eles estão querendo se juntar aos bons. Estão começando a gostar de mim”, disse o governador, ponderando que 2014 está muito distante.

A possibilidade de aliança foi levantada por Zeca do PT no sábado (4), durante visita do presidente do PT, Rui Falcão, a Campo Grande. Na ocasião, Zeca disse que está disposto a apoiar o senador Delcídio Amaral (PT) para o Governo do Estado em 2014, se dispondo a ser candidato a deputado estadual ou federal. “O André seria um bom candidato ao Senado nesta chapa”, declarou.

Zeca avaliou que a sua candidatura como deputado liberava a vaga para concorrer ao Senado Federal a um aliado, que poderia se o governador. Ao comentar a declaração, Delcídio disse que Zeca agiu por emoção e durante o evento com colegas do PT, ainda no sábado, declarou que uma aliança Delcídio e Zeca seria imbatível.

O governador André Puccinelli já declarou que uma chapa com Delcídio só ocorreria se o prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), ou a vice-governadora Simone Tebet (PMDB), amarelassem ou morressem. Puccinelli pretende emplacar Nelsinho como governador e Simone como senadora. Entretanto, deve entrar na briga pelo Senado caso seja preciso fortalecer seu grupo. Nesta hipótese, o candidato do partido ao Governo se daria por pesquisas entre os nomes de Simone e Nelsinho.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário