A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

06/08/2013 18:11

Felipe Orro acredita que PEC de 3% para UEMS tem boas chances

Zemil Rocha
Felipe acredita que PEC será analisada pelo plenário em breve (Foto: Arquivo)Felipe acredita que PEC será analisada pelo plenário em breve (Foto: Arquivo)

O deputado estadual Felipe Orro (PDT) acredita que irá a plenário sua Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que prevê a destinação de 3% da receita do Estado para a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS). “Apresentei a PEC no final da penúltima sessão, tendo conseguido apresentar ele com 11 assinaturas. Agora o projeto vai ser analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e acredito que irá a plenário”, afirmou o pedetista.

Pela proposta apresentada, fica assegurado o repasse de 3% da receita corrente líquida do Estado à UEMS, o que representará R$ 170 milhões no ano que vem, considerando-se que o Orçamento de 2014 venha estimado em R$ 11,5 bilhões. No atual exercício, a dotação orçamentária da UEMS é de R$ 86,7 milhões, já que outros R$ 27,208 milhões previstos são para a construção da sede em Campo Grande.

Para o deputado Orro, é importante “puxar essa discussão” sobre melhoria dos repasses para a UEMS, dada a sua importância para os estudantes de Mato Grosso do Sul, especialmente do interior do Estado. “Se não os 3%, pelo menos o estabelecimento de um percentual mínimo”, defendeu Felipe. “O governador realmente aumentou os repasses nominais, mas a receita do Estado cresceu bastante. Se atrelar a índice fica bem viável”, acrescentou.

Felipe Orro já tinha apresentado um projeto de lei ordinária prevendo maior valor de repasse para a UEMS, mas houve rejeição por maioria de votos na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia (CCJ). “Mas eu já tinha organizado outro que era essa Emenda Constitucional, com percentual fixo , que agora será analisada”, disse.

 

Interrogatório de Lula na Operação Zelotes é marcado para fevereiro de 2018
A Justiça Federal em Brasília marcou para o dia 20 de fevereiro de 2018 os interrogatórios do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de seu filho ...
Senado aprova desconto de dívidas de produtores rurais e texto segue para sanção
O Senado concluiu a votação, nesta quinta-feira (14), do projeto que permite a renegociação das dívidas de produtores rurais, estabelecendo descontos...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions