A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

22/03/2016 12:42

Filho de ex-governador se lança pré-candidato a prefeito da Capital

Pedro Pedrossian Filho se tornou presidente do PMB em MS

Mayara Bueno
Pedro Pedrossian Filho, presidente do PMB em MS. (Foto: Fernando Ricardo Ientzsch)Pedro Pedrossian Filho, presidente do PMB em MS. (Foto: Fernando Ricardo Ientzsch)

Filho de ex-governador do Estado, Pedro Pedrossian Filho se lançou pré-candidato a prefeito de Campo Grande pelo PMB (Partido da Mulher Brasileira). Ele, que foi deputado federal em 1998, assumiu a presidência regional do partido na semana passada.

Em visita ao Campo Grande News, nesta terça-feira (22), o ex-deputado afirmou que a possível candidatura trata-se de um meio para que o partido já nasça forte em Mato Grosso do Sul. Recém-criada, a legenda tem a intenção de se fortalecer nas eleições municipais, pensando em eleger pelo menos um deputado federal em 2018.

Afastado de cargo eletivo desde 2002, Pedro Pedrossian Filho disse que a graduação em Filosofia, que ocorreu em 2010, despertou nele a vontade de fazer com que as pessoas conheçam as ideias que defende. “Não fui criado para suceder meu pai. Mas, a faculdade provocou a querer passar para a sociedade pensamentos que adquiri sobre a política e gestão”, disse. Mudanças na educação e saúde pública, bem como redução de comissionados e economia no poder público são alguns dos pontos defendidos por ele.

Pedrossian Filho afirma que está buscando pessoas que compartilhem do perfil do partido para fortalecê-lo no Estado. Ele não quis ainda revelar nomes, mas afirmou o apoio de duas legendas para a eleição deste ano. A meta é montar uma chapa de vereadores, mas que se atente mais a “qualidade dos nomes” do que em quantidade, afirma.

Com o sobrenome do pai ex-governador, o ex-deputado diz que quer usar como inspiração o que Pedro Pedrossian fez de bom durante seus mandatos e somar com suas próprias ideias. Na possível candidatura, ele defende não atacar adversários, nem ex-gestores, mas se tornar opção para quem hoje não sabe em quem votar.

Sobre o partido carregar "mulher" no nome, mas ser presidido por um homem em MS, Pedro Pedrossian Filho disse que a legenda não tem conotação feminista e sim uma forma de criar um ambiente para que mais mulheres ingressem na política.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions