A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

07/08/2013 16:44

Gilmar Olarte abre o jogo e admite estar preocupado com a gestão Bernal

Zemil Rocha
Pela 1ª vez, vice de Bernal diz estar preocupado com as irregularidades apontadas (Foto: Arquivo)Pela 1ª vez, vice de Bernal diz estar preocupado com as irregularidades apontadas (Foto: Arquivo)

O vice-prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), finalmente abriu o jogo sobre sua situação na prefeitura, em entrevista exclusiva ao Campo Grande News. Pela primeira vez, Olarte admitiu que há acusações de irregularidades na gestão do prefeito Alcides Bernal (PP) que o preocupam e que está, contra sua vontade, sem ter atuação administrativa, como teria ficado acertado durante a campanha eleitoral do ano passado.

Ao ser indagado se não consegue ver as irregularidades apontadas na administração de Bernal pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Calote, da Câmara de Campo Grande, e procedimentos investigatórios abertos pelo Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado, o vice-prefeito deixou evidenciado que está preocupado. “Como cidadão brasileiro, campo-grandense, porque embora nascido em Aquidauana, me considero de corpo e alma campo-grandense, a gente de preocupa com algumas coisas”, afirmou ele, evitando, porém dar detalhes. “Como membro do PP eu preciso ter a ética que me é exigida, de aguardar que as coisas se revolvam da melhor maneira possível”, justificou.

Gilmar Olarte deixou claro também sua insatisfação em ter sido isolado por Bernal na administração municipal. “Fomos convidados para ser vice-prefeito com o compromisso de ser atuante. Esse foi o compromisso comigo e com a minha esposa. Era para atuar na administração. Porém , quando o prefeito tomou posse, ele achou por bem colocar outras pessoas e dizer que o vice é vice, como está na mídia”, reclamou.

Questionado sobre sua visão da administração de Bernal, o vice-prefeito respondeu alfinetando o correligionário. “Administração pública não se faz sem uma divisão de espaço e somatória de forças. Cada agente político tem o seu potencial. Ele tem a sua capacidade, a sua competência e, se for por bem aproveitado, o resultado é satisfatório”, afirmou o progressista.

Comparando a Prefeitura de Campo Grande a um “transatlântico”, Olarte considera que a arte de administrar a Capital passa pela capacidade de agregação política. “Precisa de uma soma de esforços para que possa navegar em alto mar, com destreza, segurança e alta resolutividade”, argumentou.

Instado a informar se via falhas na gestão do prefeito Alcides Bernal, o vice assumiu um comportamento mais tímido. “Temos sido deixados fora do processo direto da gestão, então, por uma questão de ética partidária é temerário a gente emitir um parecer acerca da qualidade de gestão do prefeito Alcides Bernal”, declarou.

Indagado se não estaria sendo conivente com as irregularidades apontadas pela Câmara de Campo Grande, Ministério Público, Tribunal de Contas e imprensa, Olarte observou que “a definição da palavra conivente é daquele que age junto, que colabora direta ou indiretamente”. Alegou que como não recebeu essa possibilidade de colaborar, já que o prefeito não o nomeou para nenhuma secretaria municipal, não tem como “saber o que está sendo feito ou como está sendo feito”.

Rompimento político - A opção de rompimento político com Bernal, embora pudesse ser o caminho natural de quem se sente desprestigiado, não é considerada pelo vice-prefeito Gilmar Olarte.

“Sair do partido? Não. A minha ação, minha forma de agir, não busca isso”, disse o progressista. “Eu me definiria como uma pessoa de centro, nem muito para esquerda, nem muito para direita. Se se radicaliza, tem grande chance de errar e errar feio”, ponderou. “Quando você busca o equilíbrio, e usa da virtude da paciência de saber esperar, a gente erra menos. Eu não posso passar por cima de ninguém”, acrescentou.

Seu comportamento teria de ser de expectativa. “Meu cargo é de vice-prefeito, eleito pelo povo para se precisar eu ser acionado”, sustentou. “Chutar o pau de barraca, fazer escândalo não é o meu perfil”, emendou. “Prefiro ficar na minha posição e se por algum motivo eu for acionado para ser útil ao povo, de quem sou servidor, vou estar pronto a agir”, disse.

Quanto ao risco de cassação do prefeito Alcides Bernal, mais agudo neste semestre, Olarte preferiu não dar uma resposta direta: “Essas questões quem tem de responder são os órgãos competentes para isso, como Ministério Público, Judiciário e a própria Câmara de Vereadores”.

Atendendo a população – Embora esteja sem exercer um papel mais ativo na administração municipal, por decisão política de Bernal, o vice-prefeito Gilmar Olarte afirmou que “continua trabalhando, atendendo a população no gabinete, visitando os bairros”.

Hoje, Olarte tem um singelo gabinete como vice-prefeito, onde procura atender as pessoas. “Agora mesmo vou receber grupo de 10 pais de um bairro da cidade, que estão em busca de solução para um problema de educação”, contou.

Carreira política – Empresário do ramo contábil que arrendou o escritório, pós-graduado pela Uniderp em Gestão Pública e um dos fundadores da Igreja Assembleia de Deus Nova Aliança, da qual foi presidente e atualmente é apenas pastor, Gilmar Olarte começou a atuar na vida política ajudando outras lideranças na busca de vagas na Câmara de Campo Grande. “A gente sempre trabalhou com a comunidade”, disse.

Era suplente do professor Rinaldo Modesto, em 2007, quando assumiu pela primeira vez vaga de vereador na Câmara da Capital. “Fruto do meu trabalho social, de recuperação de dependentes químicos”, conta Olarte, que na eleição de 2014 obteve 2.645 votos. No ano seguinte, 2008, já no PP, conquistou a vaga de titular na Câmara, com 4,8 mil votos.

Sobre seu futuro político, Gilmar Olarte disse que ainda está muito cedo ainda para tomar qualquer decisão. “Conforme for o andamento do quadro político, eu como agente político se puder servir de alguma maneira melhor vou fazê-lo. “Sou nome do partido. Se o PP entender que tenho viabilidade, densidade eleitoral, se tiver condições necessárias, vou estar disponível”, revelou. “A decisão vai depender do cenário político da época”, informou, ao ser questionado se pretenderia ser candidato a deputado federal no ano que vem.

Ignorado pelo prefeito, Olarte atende população sem estrutura do Executivo
Sem apoio do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), o vice, Gilmar Olarte (PP), faz o que está ao seu alcance para atender a demanda popular ...
Olarte assume que sairá como candidato em 2014 e cogita ser deputado federal
O vice-prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), confirmou ao Campo Grande News que sairá como candidato na eleição de 2014. O progressista ainda...
Bernal nega divergência, mas diz que Olarte não fica até fim do mandato
O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), negou que haja divergências entre ele e o vice-prefeito, Gilmar Olarte (PP), mas admitiu que o pasto...


Vai lá Olarte, fazer campanha de oração no monte para o Bernal ganhar !!!!
 
Jose Antonio em 08/08/2013 14:32:21
É a lei da colheita, o homem pode escolher o que planta, como planta, onde planta mas o que vai colher é obrigatário ou seja " O plantar é opcional mas o colher é obrigatório" Galatas-6,7
 
WASHINGTON PRIETTO em 08/08/2013 10:07:01
FORA BERNAL!!!!!!
 
Ricardo Sadyama em 08/08/2013 10:02:49
Minha nossa em toda a entrevista só pudemos perceber uma coisa, ele tá chateado por estar de fora da patota, fica tranquilo filho, logo você vai ter que assumir e pelo visto vamos continuar órfãos, não senti firmeza em nosso vice, muito novo, muito sonhador, muito triste pelo Bernal te-lo colocado de lado. Vamos amargar 4 anos difíceis, pois se o Bernal sair e entrar esse menino não sei se haverá melhora, ele parece meio perdido.
 
moacir cafaro em 08/08/2013 08:47:29
O que esse pastor quer é poder político. Como foi jogado para escanteio, fica agora chorando as pitangas. Deve logo decidir se que servir a Deus, através de seu compromisso com a igreja, ou se quer apenas usá-la como trampolim para atingir objetivos meramente politiqueiros. É uma vergonha dar uma entrevista dessas e acusar o Prefeito; está dando um tiro no próprio pé.
 
solon moraes em 08/08/2013 08:38:28
Nelsinho foi um péssimo prefeito. porque só trabalhou com verba federal fazendo grandes avenidas, mas deixou os bairros de Campo Grande abandonados.
Mas o Prefeito Bernal está ganhando dele. pois em matéria de administração ZERO.
Não faz nada, não fiscaliza nada as obras que estão em andamento uma vergonha tudo mal feito. por exemplo veja este fuça fuça na colocação de tubulação de esgoto.
Danificando todo o asfalto que o Povo com sacrifício pagaram através do Asfalto Comunitário. O Deus ajudem este povo sofrido. pois se depender de prefeito estamos fritos. Nossos impostos estão indo pelo ralo. Que arrependimento ter votado nesta pessoa. Campo Grande Ja teve um Prefeito Chama-se André Puccinelli. Bons tempos.
 
JOSÉ FERREIRA ROSA em 08/08/2013 08:25:55
Infelizmente o Bernal usou o Gilmar para conseguir os votos dos evangélicos, agora que não precisa mais "vamos deixar-lo de lado".Por isso acho que nós evangélicos ou não, devíamos nos unir para tirar esse homem da prefeitura e assim mostrar para ele que não somos os otários que ele pensa.Mesmo pque parece os vereadores não iram fazer nada de concreto.
Vamos Acordar Campo Grande.
 
rosa lurdes gomes em 08/08/2013 08:18:02
Esta passagem tem sido entendida por muitos Cristãos como uma afirmação geral de que realmente “tudo” podemos fazer. Como sempre é necessário observar o contexto da passagem. O contexto imediato (Fil 4:10-20) indica que Paulo está tratando de necessidades pessoais. Podemos ver isso quando ele usa frases e termos como “pobreza” (v. 11) “fartura e fome”; “abundância e escassez” (v. 12); “dar e receber” (v. 15) e “necessidades” (vv. 16 e 19). Todas estas palavras e frases tratam de necessidades físicas e imediatas como comida e moradia. Ele pessoalmente passou por necessidades nestas áreas e está mostrando como Cristo lhe deu força para enfrentá-la.

-Vamos colocar a fé em Acão. Gilmar Olarte.
A Paz de Cristo.Amém.
 
Ruth Antunes em 08/08/2013 08:05:24
Esse pastor só está interessado em favorecer seus fiéis. Deixa de escanteio Bernal!
 
Abrãao Raeh em 08/08/2013 08:04:58
Ely sempre com comentários inadequados e sem fundamentos.
 
ROBERTO DOMINGOS em 08/08/2013 07:56:46
O vice foi colocado de "lado", sem poder agir ou trabalhar! E o salário dele, também foi deixado de "lado"?
 
Arlene Felisberto em 08/08/2013 07:54:00
8 meses de administração e o Bernal não fez absolutamente nada, samu esta um caos, saúde esta um caos, asfalto esta um caos, ceinf esta um caos. Fora os milhões que está na conta da Prefeitura e até agora não foi feito nenhuma melhoria a cidadania. O senhor tem que sentir vergonha quando acorda e se um dia, Deus queira que um dia, o senhor seja caçado e se você tiver um pingo de vergonha na sua cara, o melhor que você pode fazer por campo grande é sair do cargo...Abraços
 
bruno Medeiros em 08/08/2013 07:47:26
-Concordo que tem que abrir os olhos; pois os dois foram eleitos pelo voto popular e tem perante a população e principalmente "DEUS" a responsabilidade de governarem com honestidade. Não se esquecendo que: "para aquele que é muito dado, muito será cobrado"
 
luis tibo em 08/08/2013 07:39:37
Na verdade não conheço nenhum político que entenda de administração. Administrar é um Dom e os que tem não deixa administrar porque são honestos e conhece. Eu administraria uma mina de ouro como a prefeitura, e teria a maioria da Câmara comigo, sem distribuir dinheiro.
 
luiz alves em 08/08/2013 07:28:00
é senhor prefeito se está fazendo isso com seu vice pode ter certeza que os bandidos lá ja compraram ele também se fez isso é porque alguma coisa ele fez as portas estão se fechando para o senhor ja reparou ja não bastava os vereadores agora o vice vixi maria prefeito alcides bernal acho melhor o senhor ir procurar uma igreja e se abensuar porque ta feio o negócio ai.SANGUE DE JESUS TEM PODER
afff
 
sandro de sousa em 08/08/2013 06:42:16
Vice preocupado e vereadores esperando.
O obvio.
 
Vilton Vera em 07/08/2013 20:23:58
Nao conheço o Gilmar Olarte, mas posso garantir que seria mto melhor ele assumindo a prefeitura, do que esse BERNAL, pq CG, esta parada nada funciona, esse PREFEITINHO, e centralizador aonde já se viu querer tomar todas as decisões numa cidade do tamanho de CG.
 
Carlos Gomes em 07/08/2013 19:40:24
eu penso que o gilmar está no lugar certo, pois ele nunca teve condições de atuar nesta cidade como se espera, portanto que fique apagado é melhor mesmo para a nossa cidade
 
edgar candido em 07/08/2013 18:39:32
sabe porque o bernal isola ´seu vice é porque sabe que será visto o que este bernal anda fazendo de errado
 
ELY MONTEIRO em 07/08/2013 18:29:23
Bonito em Pastor. Com a mesma medida que julgar...
 
Luis Castro em 07/08/2013 17:51:56
Acredito que se o Bernal tivesse o vice Gilmar Olarte como conselheiro e atuando mais ativamente, não teria errado tanto. Votei no Bernal só porque tinha como vice o Gilmar. O Bernal erra em querer governar sozinho, primeiro sem o vice- prefeito, sem secretários e sem a câmara e quem paga pelo erro é o povo.
já estamos vendo muito sofrimento, tá na hora do povo agir, votamos porque queríamos um governo participativo e não é o que está acontecendo.
 
André Luiz em 07/08/2013 17:43:13
Se conselho fosse bom a gente vendia mas vou te dar um Gilmar: pula fora antes que esse barco afunde
 
Marcelo Mendes em 07/08/2013 17:41:27
Alias, quem era o vice do Pucinelli? alguém lembra? quem era o vice do Trad,a sim era o Edil,mas sera que ele tinha sala acarpetada? ora olarte vai trabalhar e pare de reclamar!
 
clodoaldo lemes de souza em 07/08/2013 17:37:50
o vice prefeito e politico serio campo grande merece o gilmar orlarte como prefeito fora bernal vergonha para nossa capital .
 
elenilton dutra de andrade em 07/08/2013 17:32:24
Vamos lá galera da mania de perseguição, CULPA AGORA A ADMINISTRAÇÃO PASSADA!!! Alienados com poder de voto, absurdo, agora é quatro anos aguentando por causa de um bando de "revolucionários", povo com memória curta, ingrato e mal educado
 
Antonio Harper em 07/08/2013 17:26:16
Tem que mandar o Gilmar embora urgente , ele esta de olho na prefeitura faz horas, infelizmente o Bernal colocou um inimigo com vice !!! abre o olho Bernal
 
pedro henrique em 07/08/2013 17:18:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions