A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

17/05/2014 17:02

Gilmar vê na invasão “terrorismo” e não crê em nova volta de Bernal

Josemil Arruda e Aliny Mary Dias
Olarte dando entrevista neste sábado ao lado do secretário de Administração (Foto: Aliny Mary Dias)Olarte dando entrevista neste sábado ao lado do secretário de Administração (Foto: Aliny Mary Dias)

O prefeito Gilmar Olarte (PP) classificou como “ato orquestrado de terrorismo” a invasão organizada por Alcides Bernal (PP) aos prédios públicos da Prefeitura de Campo Grande. Durante entrevista coletiva nesta tarde de sábado, na Esplanada Ferroviária, antes de seu reunir com seu secretariado e assessores, Olarte afirmou também que não acredita que Bernal consiga voltar à prefeitura por força de alguma nova medida judicial.

“Não acredito que ele (Alcides Bernal) será reconduzido ao cargo. Sei do equilíbrio dos nossos magistrados. Vamos ter um clima de paz e o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul contribuirá para isso”, declarou Olarte, durante a rápida entrevista à imprensa, ao lado do secretário municipal de Administração, Waltemir Brito.

Quanto à reunião do secretariado, o prefeito disse que tem a finalidade de avaliar a situação de caos encontrada após as oito horas em que Bernal voltou a comandar a prefeitura e definir as medidas administrativas e judiciais que serão tomadas. Na próxima segunda-feira (19), Olarte pretende dar nova entrevista coletiva para informar que medidas serão adotadas.

Trabalho continuaGilmar Olarte enalteceu esta tarde o trabalho desenvolvido por sua equipe neste primeiros 60 dias de administração e avisou que o forte ritmo vai continuar. “Enquanto um pequeno grupo usa terrorismo para nos atrapalhar, nós continuamos trabalhando. Campo Grande não merece essa situação estapafúrdia”, disse.

Recém-chegado de Brasília, onde teve encontro com a presidente Dilma Roussef e fez gestões junto a ministérios, Olarte informou que ainda não teve tempo de ir ao seu gabinete para ver o que aconteceu em razão da invasão comandada por Bernal.

 

 



O povo de nossa cidade nao merece o que estamos vivenciando, na gestao da prefeitura da capital. Se bem que um grande numero de pessoas escolheram isso ai. Ha pedidos de revisao, certidao, pareceres, negociações, estao todos engavetados por ordem do sr radialista Bernal, pagaremos, TODOS, por essa inercia que esta acontecendo em Campo Grande. Aqui, o lema politico é: primeiro eu, depois nós familia, depois o partido, depois os amigos, se sobrar, o povo. Aguem desmente o Justo Verissimo? O Joao Plenario?? Se é mentira, por favor, mostre a nossa gente. Um bom dia a todos, que Santo Antonio, nos ajude.
 
adao teotonio da silva em 18/05/2014 09:21:13
Seria um retrocesso enorme pra Campo Grande se o Bernal voltar.
 
Marcos Wild em 17/05/2014 22:21:37
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions