ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, DOMINGO  23    CAMPO GRANDE 29º

Política

Giroto é a própria imagem da Capital, avalia Pedrossian ao declarar apoio

Por Wendell Reis | 23/03/2012 18:20

Ex-governador aconselhou Giroto a cuidar da área social

Ex-governador recebeu Giroto na sala de sua casa para declarar apoio, dizendo que indica Giroto por que acha que é o melhor para Campo Grande, que ele declarou ter lhe dado grandes vitórias(Foto: Wendell Reis)
Ex-governador recebeu Giroto na sala de sua casa para declarar apoio, dizendo que indica Giroto por que acha que é o melhor para Campo Grande, que ele declarou ter lhe dado grandes vitórias(Foto: Wendell Reis)

O ex-governador Pedro Pedrossian declarou apoio à candidatura do pré-candidato à Prefeitura de Campo Grande pelo PMDB, Edson Giroto. O encontro e oficialização do apoio aconteceu na casa do ex-governador. Sentado, em uma cadeira na sala de sua residência, Pedrossian recebeu a imprensa para oficializar o apoio:

“Giroto é a própria imagem de Campo Grande”, declarou o ex-governador, lembrando que ele participou efetivamente, como secretário de Obras, das administrações de André Puccinelli (PMDB) e Nelson Trad Filho (PMDB) em Campo Grande. “Não tenho partido nenhum. Meu partido se chama Campo Grande”, enfatizou, ressaltando que votaria dez vezes se fosse preciso.

Pedrossian analisa que Puccinelli fez uma boa administração, Nelsinho foi um excelente administrador, mas acredita que Giroto vai levar a Capital a um novo estágio e plano. Para que isso aconteça, o ex-governador aconselha Giroto a acabar com a desigualdade social, fazendo com que a população não seja injustiçada, e seja um agente social transformador, criando uma cidade mais justa.

“Este menino tem Campo Grande nas mãos. Ele será o prefeito. É importante elegê-lo no primeiro turno”, orientou o ex-governador, fazendo questão de dizer que seu pré-candidato é o melhor. “Tem outros bons, mas meu candidato dá de 10 a 0”, analisou.

Agradecimento ao apoio - Ao receber os elogios, Giroto explicou que como administrador, sempre procurou observar e avalia Pedrossian como um homem brilhante, que tentou fazer em suas ações aquilo que pensava que seria o mais importante para a transformação da cidade, do homem e da mulher de Campo Grande.

Giroto explicou que concorda com o ex-governador na análise de que Nelsinho e Puccinelli garantiram a estrutura a Capital e o próximo prefeito tem obrigação com a busca pela igualdade social, garantindo saúde com um critério de atendimento perfeito, ou o melhor possível e, a exemplo, fazer com que as pessoas tenham tranquilidade para deixar um filho na creche.

Pedrossian se recordou que há algum tempo, em um encontro com Giroto, ele já havia dito que gostaria de fazer uma ponte, para garantir que as crianças fossem obrigadas a estudar e que as pessoas mais pobres tenham direito a saúde.

O deputado federal se disse um menino e contou que aprendeu com o pai a ter um comportamento ético e responsável. Assim, quando chegou ao Estado procurou conhecer quem foram as pessoas que construíram a história de Mato Grosso do Sul, e percebeu que Pedrossian foi um grande estadista. “Eu devo muito ao senhor”, declarou Giroto, lembrando que já havia sido elogiado pelo ex-governador em outras ocasiões.

Edson Giroto elogiou a maneira como Pedrossian pensou em Campo Grande, construindo obras em todas as regiões, buscando o desenvolvimento da Capital. “Imagine Campo Grande sem o Parque das Nações Indígenas, Parque dos Poderes, Hospital Rosa Pedrossian”, declarou, sendo lembrado por Pedrossian da construção de 8 milhões de avenidas e três grandes parques.

O ex-governador fez questão de lembrar Giroto que é preciso fazer um reexame de tudo o que foi feito por Nelson Trad e Puccinelli, para poder ver o que é preciso modificar. “No momento em que achar que está tudo bom, já está começando mal”, aconselhou.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário