A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Outubro de 2018

20/01/2015 12:51

Governador diz que infraestrutura e saúde serão tratadas como prioridade

Michel Faustino e Kleber Clajus
Azambuja quer urgência no reparo do Hospital Regional. (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)Azambuja quer urgência no reparo do Hospital Regional. (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) declarou na manhã de hoje (20) durante a solenidade de posse do novo novo coordenador da Defesa Civil que tem como prioridade estabelecer metas e promover melhorias na infraestrutura e na saúde do Estado.

Segundo Azambuja, entre às prioridades estão a retomada da duplicação da rodovia Guaicurus, que dá acesso à Cidade Universitária (UEMS-UFGD) e aeroporto, em Dourados, a conclusão do Hospital do Trauma, em Campo Grande e o reparo no Hospital Regional, também na Capital, este que deve ser feito com urgência.

“ Temos um prazo de dez dias para terminar os reparos no Hospital Regional e liberar o 8º andar. Com isso teriamos a liberação de 19 leitos e poderíamos atender mais pacientes. Além da Guaicurus, de Dourados, que leva o complexo universitário e aeroporto. A conclusão do hospital do trauma, que está sendo negociada com o Ministério da Saúde, e o termino de rodovias inacabadas”, disse.

No entanto, o governador ressalta que existe um passivo que ultrapassa R$ 500 milhões em relação às obras que estão paradas. Sendo que, não existe recursos suficientes em caixa para terminá-las.

Aquário do Pantanal – Já em relação ao andamento das obras do Aquário do Pantanal, nos altos da Avenida Afonso Pena, Reinaldo disse que foi preciso retomar os trabalhos para evitar prejuízos maiores, no entanto, tudo será fiscalizado.

“Se parasse de vez teria um prejuízo muito grande para o Estado. E a comissão criada para acompanhar opinou por manter. Mas, faremos por parte e tudo acompanhado de auditória”, ponderou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions