A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

03/10/2011 12:28

Governador e bancada federal analisam orçamento e PPA do governo federal

Vinícius Squinelo
Governador André Puccinelli participa de seminário da CMO na Assembleia. (Foto: Wagner Guimarães)Governador André Puccinelli participa de seminário da CMO na Assembleia. (Foto: Wagner Guimarães)

O governador André Puccinelli (PMDB), junto com senadores, deputados federais e estaduais de Mato Grosso do Sul, ouviram na manhã de hoje explanação sobre o Orçamento da União para 2012 e o PPA (Plano Plurianual) para o quadriênio 2012-2015.

No plenário da Assembleia Legislativa, o senador Walter Pinheiro (PT-BA), da Comissão do Orçamento do Senado, e o deputado federal Arlindo Chinaglia (PT-SP), relator geral do Orçamento no Congresso Nacional, explicaram mudanças e números para o orçamento dos próximos anos.

Durante sua fala, Chinaglia destacou que a União vem tentado auxiliar mais os municípios, “onde ocorrem os verdadeiros problemas”, segundo o deputado. Chinaglia ainda destacou a participação da bancada federal de MS nas relatorias do Orçamento, tanto no Congresso, quando no Senado.

Chinaglia também acenou para uma recente reivindicação da classe política de MS. “Vamos na próxima quarta-feira discutir a divisão dos royalties do petróleo, e ainda queremos depois analisar a divisão dos royalties da energia e do mineral”, afirmou o deputado.

Já o senador Walter Pinheiro afirmou que a bancada federal do Estado deve começar a se mexer para conseguir uma fatia do bolo de R$ 5,4 trilhões do Plano Plurianual de 2012 a 2015.

Outra “novidade” destacada pelo senador é a garantia, no PPA, da inexistência de obras inacabadas no Brasil. Segundo Pinheiro, no próximo dia 19 será apresentado, no Senado, um relatório preliminar, feito a partir dos eventos nos Estados, quando os senadores poderão apresentar emendas.

O seminário na manhã de hoje tratou sobre o Orçamento Anual da União, de 2012, e o PPA (Plano Plurianual), realizado pela Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização do Congresso Nacional.

O seminário na Assembleia Legislativa contou também do senador Delcídio do Amaral (PT-MS), relator de infra-estrutura; deputado Edson Giroto (PR-MS), relator setorial; e deputado Geraldo Resende (PMDB), coordenador da bancada federal de Mato Grosso do Sul.

Segundo o relator geral Arlindo Chinachia, o presidente da Comissão, Vital do Rego Filho (PT-PB),senador Vital do Rego Filho (PT-PB) não pôde vir a Mato Grosso do Sul em razão de reunião da comissão do pré-sal, da qual também faz parte.

De acordo com o deputado Edson Giroto, a Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização, que é o relator setorial de Cidades da Lei Orçamentária de 2012, “os seminários são importantes para que a população seja ouvida e o Congresso Nacional possa distribuir os recursos públicos de forma a alcançar maiores retornos para o povo brasileiro”.

Além de Campo Grande a CMO realizará seminários regionais em João Pessoa (Paraíba); Salvador (Bahia); São Paulo (São Paulo); Curitiba (Paraná); Porto Alegre (Rio Grande do Sul); Goiânia (Goiás); Porto Velho (Rondônia); Rio Branco (Acre); Vitória (Espírito Santo), e Uberlândia (Minas Gerais).

Debate sobre Orçamento é de ‘extrema’ importância para MS diz André
O governador André Puccinelli afirmou há pouco, na Assembleia Legislativa, que decidiu ficar em Campo Grande e enviar a vice Simone Tebet a encontro ...
Assembleia debate Orçamento da União em seminário nesta 2ª feira
A Assembleia Legislativa sedia nesta segunda-feira seminário sobre o Orçamento Geral da União. O seminário “Discussão das Propostas de Orçamento da U...
Assembleia pode votar polêmico projeto "Lei Harfouche" nesta semana
Considerado polêmico, o projeto chamado de "Lei Harfouche", que prevê a reparação de danos por alunos, em casos de atos de vandalismo em escolas, pod...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions