A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 25 de Abril de 2018

21/12/2009 11:20

Governo ainda negocia troca da folha dos servidores

Redação

A folha de pagamento dos servidores estaduais, que equivale a R$ 120 milhões por mês, ainda é motivo de negociação entre o governador André Puccinelli (PMDB)e o Banco do Brasil.

No início do mês, o governador anunciou a possibilidade de transferir a folha de pagamento do Banco do Brasil para a Caixa Econômica. Nesta segunda-feira, ele reafirmou que o BB terá que cumprir exigências do governo. "O Papai Noel chega dia 23. Resolvido já está, mas só acredito quando ver o saco do Papai Noel", afirmou, sinalizando que já fez sua escolha.

O governador deixou implícito que o Banco do Brasil está descumprindo cláusula contratual, contudo, não esclarece o que motiva o desejo de mudar de instituição bancária. "Não posso falar publicamente", afirmou, após a entrega de seis viaturas para o Corpo de Bombeiros.

De acordo com a assessoria de imprensa do Banco do Brasil, o governo solicitou revisão contratual, que está sendo avaliada pela diretoria do banco em Brasília.

Na Caixa Econômica, a informação da assessoria de imprensa é que o banco fez proposta para comprar a folha de pagamento, mas não obteve resposta.

No dia 31 de dezembro do ano passado, o governo de Mato Grosso do Sul publicou em Diário Oficial, dispensa de licitação e efetivou um termo aditivo para prorrogar até dezembro de 2013 o contrato de prestação de serviços financeiros com o BB.

Para administrar a folha de pagamento dos servidores estaduais, o Banco do Brasil pagou R$ 20,1 milhões ao Estado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions