A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

25/03/2014 11:48

Governo vai enviar à Assembleia 18 projetos sobre carreira de servidores

Aline dos Santos e Leonardo Rocha

O governador André Puccinelli (PMDB) vai enviar 18 projetos à Assembleia Legislativa, entre amanhã e sexta-feira, sobre o funcionalismo público.

De acordo com o líder do governo na Casa de Leis, deputado Júnior Mochi (PMDB), todas as propostas são sobre plano de cargo e carreiras, reajuste salarial e adequação profissional dos servidores.

Nesta terça-feira, a sessão foi interrompida por 40 minutos para reunião entre os deputados estaduais e um representante da administração estadual.

“Em todos os projetos já fizeram acordos com os sindicatos”, afirma Mochi. Ainda segundo ele, um acordo de lideranças deve permitir a votação das propostas até 3 de abril, fim do prazo em ano eleitoral. A legislação veda aumento de despesa com pessoal a seis meses da eleição.

Conforme Mochi, algumas fundações ficaram de fora do pacote de projetos, como a Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos), Funtrab (Fundação do Trabalho) e Fundação de Cultura. “Mas ainda terá reunião dos sindicatos com o governo”, afirma o deputado. A reunião será às 16h de hoje, na presidência da Assembleia Legislativa.

Com os reajustes já aprovados no ano passado e implantado de forma escalonada, sindicalistas esperam que o governo corrija distorções salariais. Segundo o presidente da Fersep (Federação dos Servidores Públicos Municipais e Estaduais de Mato Grosso do Sul), Rudney Vera de Carvalho, as distorções vão de 20% a 260%. O setor administrativo conta com 25 mil funcionários.

Os policiais civis também reivindicam equiparação salarial. “Um agente recebe 27% do salário de um delegado, o abismo salarial é muito grande”, avaliou o presidente do Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul), Alexandre Barbosa.

Com reajustes definidos até 2015, servidores esperam fim das distorções
Com reajustes definidos até 2015, as principais categorias dos servidores estaduais esperaram para este ano o início do processo para dar fim às dist...
Tribunal marca julgamento da apelação de Lula para janeiro de 2018
O Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, sediado em Porto Alegre, marcou para 24 de janeiro de 2018 o julgamento da apelação do ex-presidente ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions