A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

12/02/2015 10:32

Governo vai expor situação financeira antes de negociar reajuste salarial

Michel Faustino e Leonardo Rocha
Governador recebeu os servidores para discutir questões relativas aos funcionários (Foto: Leonardo Rocha)Governador recebeu os servidores para discutir questões relativas aos funcionários (Foto: Leonardo Rocha)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) anunciou, na manhã de hoje (12) que antes de efetivar qualquer negociação quanto ao reajuste dos servidores públicos do Estado, que deve ser aprovado até abril, pretende levantar as “condições” financeiras e expor a realidade às categorias.

Segundo Azambuja, toda a "situação" está sendo repassada ao  Fórum Sindical dos Servidores Públicos de Mato Grosso do Sul que é formado pelas seguintes entidades: Sinpol-MS, Fetems, Sindijus-MS, Sintss-MS, ABSS-MS, ACS PMBM-MS e ACP – Campo Grande, afim de estreitar o diálogos com às entidades.

Reinaldo explicou que as negociações serão intensificadas a partir de março, quando o governo deve concluir balanço financeiro que será utilizado para “negociar” com às categorias. Um dos complicadores, segundo ele, é quanto a diminuição de R$ 27 milhões, em relação a 2014, na arrecadação do mês de janeiro.

“Eles tem que conhecer os números para então discutirmos as possibilidades. Estamos analisando contratos e cancelando alguns, e vamos a partir daí discutir essas questões com os servidores”, finalizou.




É incrivel que todo ano os servidores negociem reajuste salarial, na empresa em que trabalho nunca tentei negocial reajuste com o patrão, e nunca vi ninguem negociando reajuste, nós temos só o dicídio coletivo todos os anos, dicídio este que é negociado pelo sindicato que pega o dele e concorda geralmente com 0,alguma coisa de aumento, ano passado foi até auto, acho que girou em torno de 0,65%..... só funcionario publico que tem estas regalias, eles negociam ao inves de acatar o decidido entre sindicato e a pessoa que paga o sindicato, quer dizer, entre o sindicato e o representante da classe dos patrões...
 
Max em 12/02/2015 14:19:27
Existe o antes da eleição, junto com suas promessas, e o após a eleição, acompanhado de sua realidade. Compreendemos a situação do estado senhor governador, mas também sabemos, que nosso estado de Mato Grosso do Sul, esta longe de ser um estado pobre e sem recursos. Penso, que nós funcionários públicos, devemos ser valorizados sim e 10% de aumento é o mínimo que o estado pode nos oferecer. Confio na palavra do nosso governador quando o mesmo prometeu resgatar nossa motivação.
 
Renato em 12/02/2015 11:45:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions