A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

04/09/2013 10:31

Grupo confirma presença na ocupação da Câmara Municipal

Jéssica Benitez
Manifestantes convocam população para ocupar CâmaraManifestantes convocam população para ocupar Câmara

Cerca de 200 pessoas já confirmaram presença no ato “Ocupa Câmara” que ocorrerá amanhã na Câmara Municipal de Campo Grande. A manifestação foi organizada pelos grupos: Movimento Voluntário, Movimento Popular CG, Vem Pra Rua CG e Anonymous Mato Grosso do Sul e tem objetivo de pressionar os vereadores para que a Lei da Transparência seja cumprida rigorosamente. Segundo descreve na página de divulgação do evento no Facebook, a ocupação terá inicio às 8h30 de quinta-feira (5) sem prazo para terminar.

O convite se propaga pela internet. Até domingo, 97 pessoas tinham confirmado presença, 69 clicaram na opção “talvez” e 12.615 internautas receberam o convite. Hoje os números são outros, 207 manifestantes confirmaram participação, 151 pessoas ainda não sabem se vão e 13.730 convites foram disparados.

A justificativa para o protesto seria a inadimplência da Casa de Leis em relação aos aluguéis, a composição da Mesa Diretora que conta com vereadores cassados que permanecem nos cargos por força de liminar, sendo eles o presidente Mário César (PMDB), o 3° vice-presidente Alceu Bueno (PSL) e o 1° secretário Delei Pinheiro (PSD), além do alto salário pago aos parlamentares.

Outro ponto da reivindicação é o não atendimento ao requerimento feito pelos movimentos e protocolado na Câmara Municipal no dia 7 de agosto. O documento pede cópias das notas fiscais, comprovantes e recibos das despesas que comprovem a verba indenizatória de janeiro a julho de 2013 de todos os vereadores.

Relação de todos os funcionários lotados nos 28 gabinetes e presidência, relação de todos os requerimentos feitos pelo Legislativo ao Executivo, lista de todos os projetos elaborados e de todas as audiências públicas já convocadas este ano. O prazo para resposta era de 20 dias, ou seja, 27 de agosto.

Ontem representantes dos quatros grupos estiveram com Mario Cesar. Na oportunidade o peemedebista explicou que não conseguiu entregar os documentos requeridos por conta do sistema eletrônico da Casa de Leis. O presidente se comprometeu em atender aos pedidos, mas pediu prazo maior. “De qualquer forma quero deixar claro que eu me reuni com eles para não inibir os manifestos. Essa é a casa do povo e estará sempre aberta a todos”, explicou.

Alguns vereadores, porém, não reagiram tão bem ao “Ocupa Câmara”. Carlos Borges (PSB), o Carlão, usou a tribuna para esclarecer que se for para encher a Câmara de pessoas cada parlamentar pode levar cinco ônibus lotados para lá. “Somos a favor de protesto ordeiro, sem colchonete, sem barraca e sem gente pelada”, fazendo referência ao que o correu em Dourados e Porto Alegre (RS) onde os manifestantes tiraram a roupa nas respectivas Casas de Leis.

Ele fez questão de esclarecer que sem a verba indenizatória o vereador fica impossibilitado de trabalhar, pois eles também vão aos bairros e exercem a profissão foram do âmbito legislativo. “Eu sou vereador aqui e na rua”, disse. Chiquinho Telles (PSD) também se posicionou. “Este é o meu primeiro mandato e vejo como o trabalho aqui dentro é sério. Estão pensando que ficamos aqui sem fazer nada?”, questionou.

Interior - Em Dourados cerca de 70 estudantes acamparam dentro da Câmara Municipal da cidade por 43 dias. O presidente da Casa, vereador Idanor Machado, chegou a cogitar acionar a Justiça para retirar os manifestantes do local, mas não o fez. Os universitários chegaram a tirar fotos seminus e ganharam noticiários de todo o Brasil com a atitude. A movimentação foi para redução da tarifa do transporte público.



Eu quero ver qual é o atendimento que esses caras fazem a população!!!! Coisa nenhuma, nunca vi a cara desse povo em meu bairro. Essa história de verba para atender a população é mais um desvio do dinheiro dos meus impostos. Quer ser político para ajudar a população??? Então viva com seus próprios rendimentos, receba apenas uma verba representativa e tire duas noites por semana de apenas 4 horas que é o suficiente para a cidade e despache na câmara.
 
Paulo Bonsini em 04/09/2013 14:12:13
Simbora meu povo, vamos mostrar pra esses como se faz movimentos populares nesse país.
 
Lucas Sarcozi em 04/09/2013 13:58:33
Engraçado essa ocupação. Justo na época que os vereadores tem 5 dias para votar na cassação do Prefeito Bernal. E essas 200 pessoas que confirmaram que vão estar presente, será que vão mesmo. vendo na pagina do grupo, você só vê FAKE, Tudo criado apenas para criticar e meter a lenha em quem é contra o Prefeito e nos malhar os vereadores. Ai fazer ocupação para impedir a cassação do Bernal já é vandalismo e formação de quadrilha.
 
Carlos Pereira em 04/09/2013 13:01:57
Não sei em que bairro os vereadores vão. Chiquinho Telles , pode me dizer qual bairro eles visitam??? Nunca vi vereador aqui no meu Bairro se não for época de politica.
 
Regina Mendes em 04/09/2013 12:49:40
Olha, acho que seria uma boa oportunidade para fechar a Camara Municipal para sempre.
Essa é com certeza a pior Legislatura que Campo Grande já teve, basta olhar o Curriculum dos eleitos.
Não faz a mínima falta.
 
Reinaldo Sandim em 04/09/2013 12:16:25
Eu apoio sim a ocupação temos sim que lutar pelo nosso Direito, se precisar tem que dormir sim, levar barraca, somos contra sim super salario. Sr. Antonio Harper não estamos aqui para apontar o dedo estamos aqui porque queremos um país mais justo.
 
WILLIAM HENRIQUE DE ALMEIDA XIMENES em 04/09/2013 12:10:32
Estaremos em massa presente no OCUPA CÂMARA, Ocupa Ufms apoiando, chega de Hipocrisia !
 
Eduardo Alencar em 04/09/2013 11:38:39
Câmera recebe supersalarios e ainda acha ruim .... depois é o executivo que ta destruindo a cidade.
 
ronei dos santos em 04/09/2013 11:33:53
Engraçado...Prefeito atual era vereador na época do dito calote no aluguel e ninguém fala nada...Invadir a prefeitura não vão né? Ta estranho esse movimento
 
Antonio Harper em 04/09/2013 11:19:53
O povo tem direito de pedir documentação. Chega da FARRA, dos homens que se dizem representantes do povo, mas não fazem nada. O que eles gostam de fazer é FARRA com o dinheiro publico. O salario de um vereador ou qualquer politico, deveria ser UM SALARIO MINIMO mensal. Quero ver, se isso acontecer, ninguem quer ser vereador. Homens dos esquemas que não fazem nada pelo povo.
 
Amauri Batistote em 04/09/2013 11:15:11
Siufi não paga o aluguel da Câmara e o o Mário César quer de volta o aumento de 61% dos vereadores que foi retirado. Só aí o pessoal já tem bons motivos para protestar.
 
Paulo Miranda em 04/09/2013 10:49:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions