A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

17/03/2009 15:23

Hospital anuncia morte cerebral de Clodovil Hernandes

Redação

O hospital Santa Lúcia, em Brasília, anunciou hoje a morte cerebral do deputado Clodovil Hernandes (PR-SP), internado ontem após sofrer um AVC (acidente vascular cerebral). A informação foi dada pelo médico Cícero Henriques Dantas Neto, diretor técnico do hospital.

De acordo com o hospital, houve a autorização de amigos e do Ministério Público para a doação dos órgãos de Clodovil, já que não existem parentes próximos com quem ele mantinha contato. Isso porque ele era adotado e sua mãe já havia morrido.

Devem ser doados a córnea, a íris, o fígado e o coração.

Conforme o hospital, a cirurgia para retirada de todos esses órgãos deve durar cerca de cinco horas. Clodovil deve ser dado oficialmente como morto por volta das 22h desta terça-feira.

Clodovil foi submetido hoje a uma série de exames para diagnosticar a gravidade da lesão cerebral. O hospital suspendeu a divulgação do boletim que estava previsto para as 12h (de MS). Em vez disso, marcou uma entrevista coletiva para anunciar a morte cerebral.

No boletim da manhã, o hospital informava que o estado de saúde de Clodovil era de extrema gravidade, que ele respirava por aparelhos e que seus sinais vitais eram mantidos por meio de medicamentos e equipamentos.

Por volta das 14h de ontem, conforme a Folha Online, o parlamentar teve uma parada cardiorrespiratória de cerca de cinco minutos. A parada foi revertida, mas o estado de saúde dele se agravou.

Clodovil foi internado às 8h17 de ontem e passou por um procedimento de inserção de cateter para reduzir o coágulo no cérebro. Ele foi encontrado desacordado por volta das 7h, de bruços no chão, por assessores.

Saúde frágil

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions