ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 24º

Política

Ibope coloca Marquinhos Trad em 1º com 30 pontos de vantagem

Atual prefeito aparece com 41%, enquanto Harfouche tem 11%, Kemp 6% e Sidnéia 4%, além de Dagoberto e Siqueira, ambos com 3%

Por Nyelder Rodrigues | 16/10/2020 19:30
Atual prefeito busca a reeleição e aparece com 30 pontos de vantagem sobre o segundo colocado (Foto: Kisie Ainoã/Arquivo)
Atual prefeito busca a reeleição e aparece com 30 pontos de vantagem sobre o segundo colocado (Foto: Kisie Ainoã/Arquivo)

Números da pesquisa Ibope (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística) com a preferência do eleitorado campo-grandense para a prefeitura apontam a liderança do atual prefeito e candidato a reeleição Marquinhos Trad (PSD). Ele concorre à cadeira para o mandato entre 2021 e 2014 com outros 14 nomes.

A divulgação aconteceu no fim da tarde desta sexta-feira (16), feito pela TV Morena, contratante da pesquisa, devidamente registrada no TRE-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) desde o dia 10 deste mês sob o número MS-01902/2020.

Com 41% aparece Marquinhos Trad em primeiro lugar - como a pesquisa tem margem de erro de quatro pontos percentuais, a variação pode ir desde os 37% até os 45%. Já em seguindo vem Sérgio Harfouche (Avante), com 11%, seguido pelo petista Pedro Kemp, com 6%, e por Sidnéia Tobias, que concorre pelo Podemos e possui atualmente 4% das intenções de voto.

Na sexta posição, aparecem empatados Dagoberto Nogueira (PDT) e Vinicius Siqueira (PSL), com 3%. Já com 2%, estão João Henrique Catan (PL), Marcelo Bluma (PV) e Esacheu Nascimento (PP). Márcio Fernandes (MDB), Marcelo Miglioli (Solidariedade) e Loester Carlos (PSL) aparecem com 1% cada na pesquisa, que revelou o índice de votos válidos.

Guto Scarpanti (Novo), Cris Duarte (PSOL), Paulo Matos (PSC) e Thiago Assad (PCO) aparecem com percentual de 0%, mas pela margem de erro, podem subir à casa dos 4%. Votos brancos e nulos somam 13%, enquanto 9% não soube responder. Os números do Ibope são apresentados já arredondados pela TV Morena. O índice de confiabilidade da pesquisa é de 95%.

Além disso, a pesquisa também levou em consideração dois candidatos do mesmo partido, o PSL, já que a candidatura de ambos segue sob judice - Loester, conhecido como Trutis, teve seu pedido de registro indeferido, mas ainda cabe recurso.

Ao todo, foram entrevistadas 602 pessoas, todas por telefone devido ao distanciamento social em prevenção à covid-19, começando no dia 14 e terminando nesta sexta-feira, quando foi divulgada, conforme o própria emissora divulgou hoje.

Rejeição - O Ibope também apresentou os números da rejeição dos candidatos avaliados, mostrando que os que já passaram por mandatos no Legislativo e Executivo são os com maior índice, enquanto os sem experiência no Poder Público aparecem na sequência.

O maior índice de rejeição é do deputado federal Dagoberto Nogueira, com 34%, seguido pelo prefeito Marquinhos Trad, com 24%, e pelo deputado estadual Pedro Kemp (21%). O ex-vereador Bluma e o deputado federal Loester Carlos têm, respectivamente, 15% e 12%.

Em seguida, começam aparecer os 'novatos', com Harfouche com 9% de rejeição, mesmo índice de Marcelo Miglioli. Márcio Fernandes, que é deputado estadual, tem 8%. Cris Duarte, Paulo Matos e o vereador Vinicius Siqueira possuem rejeição de 7%, cada.

Já no fim da lista, Sidneia Tobias, Esacheu, Guto, Assad e João Henrique Catan aparecem com 6% de rejeição. Dos 602 consultados, 2% afirmaram que poderiam votar em todos e 18% não souberam responder ou optaram por não opinar.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário