A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2018

24/07/2013 12:18

Ignorando moradores, Bernal diz que decisão sobre cemitério será técnica

Zemil Rocha e Leonardo Rocha
Estudo técnico decidirá sobre Cemitério Santo Amaro, diz Bernal (Foto: Cleber Gellio)Estudo técnico decidirá sobre Cemitério Santo Amaro, diz Bernal (Foto: Cleber Gellio)

Os apelos de moradores do bairro Santo Amaro e do Residencial Flamingos contra a ampliação do Cemitério Municipal Santo Amaro para terrenos da Área do Papa não estão sendo levados em conta pelo prefeito Alcides Bernal (PP). Segundo ele, apenas a questão técnica está sendo considerada. "Sobre o Cemitério Santo Amaro estamos estudo técnico para avaliar se vamos ou não ampliar o Cemitério”, declarou.

Parte da Área do Papa foi desapropriada para ampliação do Cemitério Santo Amaro, o maior de Campo Grande, que estaria enfrentando o problema de falta de espaço para novos sepultamentos. O decreto do prefeito Alcides Bernal, publicado na edição de 12 de março deste ano do Diogrande (Diário Oficial do Município), desapropriou área de 91.926,69 metros quadrados.

A ampliação provocou protesto dos moradores do Residencial Flamingos, na Vila Sobrinho. A contrariedade dos moradores dos 706 apartamentos, com ofício e abaixo assinado, chegou à Câmara Municipal, que realizou audiência pública no dia 29 de abril, na qual surgiram propostas como implantação de sepulturas de gaveta, a fim de aproveitar melhor o espaço atual e mesmo de construção de outro cemitério na região das Moreninhas.

O presidente da Associação de Moradores do Bairro Santo Amaro, Oscar Mohr, criticou a ampliação do Cemitério Santo Amaro. “Essa desapropriação é um ato impensado da Prefeitura. Os moradores deveriam ter sido consultados, pois só quem mora lá sente o impacto dessa desapropriação”, disse no dia da audiência.



Caro Sr. Luiz Alves, pensa assim dessa maneira pelo simples fato do cemitério não estar ao lado do seu quintal em pleno centro da cidade, o que se discute aqui são outras formas de se resolver esse problema de espaço, como por exemplo a construção de um crematório municipal, ou túmulos com vários gavetões.
 
Carlos Irineu Gonzales em 24/07/2013 15:31:03
Ele prefere investir no aumento do cemitério do que investir na Saude Publica.
Ele espera que morra muitos!... e que sera menos pessoas a cobrar competência
administrativa da parte dele. Há há há....se cuidam pessoal !...porque daqui a pouco
teremos muitas vagas no Cemiterio Santo Amaro.
 
Vera Lucia Dias em 24/07/2013 14:35:19
Cemitério é um lugar que todos irão, seja humilde ou arrogante. Não conheço cemitério em fazendas, todos são nas cidades. Tem coisa que nem dar para ver o povo reclamar, se todos usarão.
 
luiz alves em 24/07/2013 13:07:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions