A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/06/2013 21:50

Incentivado por parecer, Bernal faz suplementação de mais R$32 milhões

Zemil Rocha
Bernal editou hoje dois decretos de suplementação orçamentária (Foto: João Garrigó)Bernal editou hoje dois decretos de suplementação orçamentária (Foto: João Garrigó)

Sem a pressão da ilegalidade apontada pelos vereadores, a partir de um parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE) considerando legal as mudanças de verbas orçamentárias, o prefeito Alcides Bernal (PP) sentiu à vontade quanto às suplementações e editou hoje dois decretos, somando R$ 32,3 milhões.

Um crédito suplementar tem o valor de R$ 26,7 milhões e o outro R$ 5,49 milhões, segundo os decretos publicados na edição de hoje do Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande). Até maio as suplementações tinham somado R$ 50 milhões. Agora, o total passa de R$ 82 milhões, mas ainda dentro da autorização legislativa de 5% do Orçamento de 2013, ou seja, R$ 139 milhões.

O Tribunal de Contas do Estado, através de Inspeção Extraordinária, já terminou a análise das suplementações orçamentárias na gestão do prefeito Alcides Bernal (PP), com a equipe concluindo que foram legais as alterações ocorridas, via decreto. O relatório, porém, ainda será submetido à votação no plenário do TCE, possivelmente nesta semana.



Não entendo o prefeito adora fazer várias suplementações, em valores altos, porém deixa de pagar prestadores de serviço, e não vejo para onde vai essas suplementações, sendo que falta medicamentos e o atendimento nos postos ainda é precário, tanto que ele mesmo discutiu com paciente no posto de saúde que reclamou com ele do atendimento.
 
wallace rosa reis em 17/06/2013 22:50:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions