ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEGUNDA  14    CAMPO GRANDE 17º

Política

Jerson Domingos propõe aliança entre PT e PMDB em Campo Grande

Por Wendell Reis | 22/03/2012 11:40

Deputado não descarta a possibilidade de Azambuja ficar sozinho em Campo Grande

No pensamento de Jerson, a aliança entre PT e PMDB garantiria um entendimento também para 2014
No pensamento de Jerson, a aliança entre PT e PMDB garantiria um entendimento também para 2014

O presidente da Assembleia Legislativa, Jerson Domingos (PMDB), defendeu na manhã desta quinta-feira (22) uma aliança entre PT e PMDB em Campo Grande nas eleições em outubro. No pensamento de Jerson, esta aliança garantiria um entendimento também para 2014, na disputa pelo Governo do Estado.

O deputado chegou a esta conclusão ao comentar a possibilidade do PSDB concorrer com o PMDB em Campo Grande. Jerson entende que uma candidatura do PSDB tira voto do PMDB e não do PT. “O PSDB sempre foi aliado. O Reinaldo (Deputado federal, Reinaldo Azambuja, PSDB) vai dividir os votos do PMDB e fortalecer o adversário”. Entretanto, sem dizer que acredita na desistência do PSDB, diz que já viu muitos pré-candidatos desistirem na última hora.

Jerson acredita que a aliança entre PT e o PMDB pode se consolidar em Mato Grosso do Sul. Neste caso, ressalta que o PSDB corre o risco de ficar isolado. “Adversidades existem, inimizade não”, explicou, lembrando que o deputado Pedro kemp (PT) seria um excelente vice para Edson Giroto (PMDB). “O que nos impede? A aliança é legal”, justificou.

O deputado entende que uma aproximação entre o PT e o PMDB poderia deixar Azambuja em uma situação nada agradável. “A aliança entre o PMDB e o PT pode se consolidar em Mato Grosso do Sul. O Reinaldo ficaria isolado e sozinho”. Jerson compara a possibilidade de confronto entre aliados com a relação entre um pássaro e seus filhotes, explicando que quando a mãe voa, todos os filhotes se perdem.

Sobre o PSDB, o presidente da Assembleia Legislativa avalia ainda que o partido tem poucos vereadores e não dispõe de grande densidade eleitoral. Neste entendimento, acredita na vitória de seu candidato, Edson Giroto, ainda no primeiro turno.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário