A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

04/12/2013 12:51

Jerson e Londres preparam substitutos políticos na Assembleia Legislativa

Leonardo Rocha
Jerson diz que vai apoiar a candidatura de sua irmã, Tereza Nami (Foto: Divulgação)Jerson diz que vai apoiar a candidatura de sua irmã, Tereza Nami (Foto: Divulgação)
Londres ressalta que se não sair candidato, seu patrimônio político ficará para Grazielle Machado (Foto: Arquivo)Londres ressalta que se não sair candidato, seu patrimônio político ficará para Grazielle Machado (Foto: Arquivo)

Os deputados Jerson Domingos (PMDB) e Londres Machado (PR) preparam seus substitutos na Assembleia Legislativa para a eleição de 2014. O atual e o ex-presidente da Casa irão exercer sua influência e força política para continuarem suas trajetórias no legislativo.

Jerson já avisou que não deve disputar a reeleição no legislativo estadual, já que pretende disputar a indicação de conselheiro no TCE (Tribunal de Contas Estadual). Ele ponderou que vai apoiar a candidatura de sua irmã, Tereza Nami.

“Para meu lugar vou trabalhar pela candidatura da minha irmã, inclusive sugeri a ela que não aceite nenhum cargo público para se empenhar nesta carreira no legislativo, vou dar meu apoio durante a campanha”, afirmou ele.

Já Londres Machado (PR) afirmou que só vai decidir seu destino político no ano que vem, porém destacou que se desistir de tentar a reeleição, a sua filha, a vereadora Grazielle Machado (PR), irá receber seu patrimônio político.

“Ela já exerce com competência a sua função na Capital, mas poderá dispor deste trabalho aqui na Assembleia, para todo o Estado. Vou lhe passar toda esta bagagem e patrimônio político”, ponderou.

Modelo - Jerson fez questão de dizer que se “espelhou” em Londres Machado para conduzir os trabalhos da Casa e que ele foi seu “modelo” de presidente.

“Da minha forma e da minha maneira conduzi esta presidência sempre tendo ele (Londres Machado) como modelo e tenho certeza que os outros deputados que buscarem a reeleição terão capacidade para conduzir esta Casa”, afirmou.

Londres também fez elogios ao atual presidente da Assembleia. “Jerson superou minhas expectativas, no controle e articulação da Casa, foi um grande companheiro e conduziu bem o poder legislativo”, declarou.



Concordo com um amigo que me antecedeu. Um ítem na reforma eleitoral tem que contemplar apenas ( ser eleito uma única vez) seja vereador, deputado estadual, dep. federal, senador e presidente da república. Existem políticos e políticos no nosso país, de norte a sul e de leste a oeste, que perpetuam décadas no parlamento através daquele "jeitinho" o famoso processo "compra de votos" temos então: o corrupto e o corruptor. Mas com advento das novas tecnologias de informação e formação e o começo do início de uma nova mentalidade o eleitor no País, vislumbramos uma luz contra esse tipo de político, que está com seus dias contados. O ano 2014 vem chegando, não venda seu voto para nenhum corrupto candidato, porque ele ao agir assim já se diz um corrupto e quer fazer de você um corruptor.
 
João Alves de Souza em 04/12/2013 19:05:37
enquanto não mudarmos a nossa mentalidade politica sempre teremos o monopólio de famílias tradicionais e o império cade vez mais forte.
 
Osvaldo willian da silva em 04/12/2013 13:55:39
Meu estômago embrulha lendo esta matéria.
Mercenários!
 
Nelson Junior em 04/12/2013 13:41:32
Aí estão 2 casos, e muitos outros existem por aí, que transformaram a politica em cabine de emprego. Aliás emprego muito bem remunerado, com pouco trabalho.
A legislação eleitoral precisa ser mudada, de maneira que permita uma única reeleição em qualquer seguimento politico, seja municipal, seja estadual, ou federal.
Além disto, devemos votar sempre em novos candidatos, desta maneira em cada nova eleição serão eliminados pelo menos 50% do politicos antigos, e assim, logo estaremos livres destes velhos caciques.
 
VALDIR VILLA NOVA em 04/12/2013 13:19:35
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions