A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

13/07/2011 10:39

Juiz tem de se retratar por erro em afastamento de Fauzi em Aquidauana

Fabiano Arruda

O juiz da 2ª Vara Cível de Aquidauana, José de Andrade Neto, emitiu, ontem, juízo de retratação sobre a decisão de afastamento do prefeito de Aquidauana Fauzi Suleiman (PMDB).

Segundo decisão judicial, o prefeito “ignorou 77 ofícios de pedido de informações e requisição de documentos que lhe foram encaminhados pelo Ministério Público", o que culminou no segundo afastamento.

No entanto, segundo informações do advogado de Fauzi, Leonardo Duarte, os documentos já haviam sido apresentados, mas à PGJ (Procuradoria Geral de Justiça), e o juízo de retratação emitido pelo magistrado demonstra “que nem tudo que foi dito representava a verdade”.

Suleiman, por sua vez, considerou que as sucessivas determinações de afastamento e também de recondução dele à prefeitura do município representam uma “situação muito estranha em Aquidauana”.

“O caso deve ser acompanhado com cuidado. Nossa imagem está sendo achincalhada e judiada em Aquidauana”, afirmou o prefeito. “A Justiça e a verdade estão do nosso lado”, complementou.

A manifestação do magistrado, contudo, estabelece que “se na documentação apresentada ao Procurador-Geral de Justiça não estiver incluída a resposta a todos os ofícios que foram endereçados pelo Ministério Público Estadual aos requeridos, nova medida de afastamento poderá vir a ser determinada”.

O advogado Felix Jaime Nunes da Cunha, que também atua na defesa dos secretários e do prefeito, disse que "o juiz foi induzido em erro pelas alegações unilaterias partidas do promotor José Mauricio".



A história de Aquidauna já demosntra a dificuldade de crescimento por ser uma cidade no todo pecuária, ainda aparece um promotor pra dificultar a vida daquele que tanto quer fazer pelo município!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Parabéns prefeito, bola pra frente!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
Paulol Amorim em 14/07/2011 12:37:01
Quanta sacanagem está sendo feita contra esse prefeito de Aquidauana. Quer dizer que primeiro o juiz lhe afasta liminarmente, sem notificá-lo, sem lhe dar o direito de responder as acusações que lhe são feitas e depois volta atrás alegando que existiam "fatos desconhecidos pelo juízo". Desconhecidos porque? Porque o juiz está sendo açodado?Porque o promotor não lhe informou na inicial e o enganou levando a erro? Que se diga isso então e que se investique inclusive este promotor, já que segundo informações ele é inclusive suspeito para participar como parte nessa ação, já que é primo do vice-prefeito da cidade. Lembrando que o prefeito foi afastado liminarmente por 3 vezes, sem que nenhum fato cabal tivesse vindo à tona. Quem reparará os danos à imagem do prefeito? Onde está a Justiça?
 
Fernando Augusto Santos em 14/07/2011 07:32:55
Conheço o Dr. José de Andrade Neto há muitos anos, mesmo antes de integrar as fileiras da Magistatura. Posso afirmar sem qualquer medo, que em momento algum da sua vida pessoal ou profissional, praticou qualquer conduta imoral ou ilícita. Trata-se de um dos homens mais honrados e honestos que já conheci, e se eventualmente possa ter cometido qualquer equívoco, certamente não agiu propositadamente. Colocar em dúvida sua conduta é temerário, reprovável.
César Palumbo Fernandes
Campo Grande/MS.
 
César Palumbo Fernandes em 13/07/2011 07:52:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions