ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  23    CAMPO GRANDE 32º

Política

Justiça nega pedido de direito de resposta feito pelo prefeito de Corumbá

Iunes reclama de propaganda do candidato Gabriel Alves que cita operação da PF contra suposto esquema de fraudes

Por Nyelder Rodrigues | 29/10/2020 15:02
Prefeito de Corumbá, Marcelo Iunes, durante evento público (Foto: Divulgação)
Prefeito de Corumbá, Marcelo Iunes, durante evento público (Foto: Divulgação)

Após ser citado por adversário durante a propaganda eleitoral gratuita na TV em duas oportunidades, o prefeito de Corumbá, Marcelo Iunes (PSDB), que concorre à reeleição, entrou com representação solicitando direito de resposta. Contudo, o pedido foi negado pelo juiz eleitoral Marcelo da Silva Cassavara.

Na propaganda, do candidato a prefeito Gabriel Alves (PSD), que é vereador e já fazia oposição ao prefeito na Câmara Municipal, usou matérias jornalísticas que tratam de recente operação da PF (Polícia Federal), chamada Offset, tendo como alvo Marcelo Iunes e seu irmão, Márcio Iunes, em suposto esquema de fraude e desvio de verba.

"Não existe violação as normas do processo eleitoral. Isso porque, a despeito do conteúdo negativo e das críticas apresentadas à administração pública municipal, as matérias estão amplamente difundidas na mídia, não caracterização propaganda caluniosa ou difamatória", destaca na decisão o Marcelo Cassavara.

Ele completa que não há irregularidade na divulgação dos materiais durante a propaganda eleitoral e ainda diz que "não se vê que a propaganda eleitoral do representado se refere a fato sabidamente inverídico, inserindo mais em controvérsia política, do envolvimento (ou não) do irmão do Prefeito em supostos desvios de dinheiro".

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário