A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

09/08/2010 13:04

Justiça vai medir volume do som das campanhas em Corumbá

Redação

Juízes eleitorais estipularam os volumes limites para os carros de som de campanha em Corumbá. Eles também determinaram que os veículos sejam levados amanhã para a medição da intensidade do som por um Oficial de Justiça, com um decibelímetro.

De acordo com a portaria assinada pelos magistrados Eduardo Eugênio Siravegna Junior e May Melke Amaral Penteado Siravegna, o som não pode ultrapassar 65 decibéis, no horário das 8h às 19h, e 55 decibéis, das 19h às 22h.

Ainda de acordo com o documento, candidatos, partidos políticos e coligações que estão ou irão veicular propaganda eleitoral por meio de alto-falantes ou amplificadores de som instalados em veículos terão que encaminhar os automóveis para a medição.

A data marcada para a aferição do volume era a sexta-feira passada, mas como a portaria só foi publicada nesta segunda-feira, a medição foi remarcada para amanhã, às 17h, na Praça Generoso Ponce, em Corumbá.

"Os candidatos costumam respeitar a portaria até porque fazemos a aferição antes, mas se for constatada a transgressão, o carro será apreendido e só poderá ser liberado com a correção do volume excessivo. Se houver reincidência, aí iremos estudar o caso", afirmou o juiz eleitoral da 7ª Zona Eleitoral, Eduardo Eugênio Siravegna Junior.

De acordo com ele, os mesmo limites de som (65 e 55 decibéis) foram adotados na eleição de 2008 para Corumbá e Ladário.

Além do som alto, estão proibidos instalação e uso de alto-falantes ou amplificadores a menos de 200m das sedes dos órgãos ou prédios da Justiça Estadual, Federal, Eleitoral e do Trabalho e das sedes dos Poderes Executivo e Legislativos, dos quartéis e outros estabelecimentos militares; de hospitais e casas de saúde; e, quando em funcionamento, de escolas, bibliotecas públicas, igrejas e teatros.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions