A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

16/11/2017 19:56

Lei aprovada dá nome de ex-governador Pedrossian à esplanada ferroviária

Complexo foi tombado como patrimônio histórico há três anos

Kleber Clajus
Prédios do complexo foram tombados em 2014 (Foto: Arquivo/Marcos Ermínio)Prédios do complexo foram tombados em 2014 (Foto: Arquivo/Marcos Ermínio)

Vereadores de Campo Grande aprovaram, nesta quinta-feira (16), projeto que denomina o complexo da esplanada ferroviária com o nome do ex-governador Pedro Pedrossian, morto em agosto deste ano. Objetivo consiste em homenagear seu legado em área que ele residiu.

Chiquinho Telles (PSD), autor do projeto, esclareceu que as outras referências a Pedrossian relembram seus familiares e não o “grande construtor e pensador de Mato Grosso do Sul”. 

A proposta, que ainda passa por nova votação, contempla estruturas do Armazém Cultural Helena Meirelles, Arca (Arquivo Histórico de Campo Grande), Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul, Vila dos Ferroviários e Gabinete da Esplanada – Casa Ferroviária.

Patrimônio - Tombado há três anos pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), o complexo ferroviário de Campo Grande possui 22,3 hectares e 135 edifícios em alvenaria e madeira, que não podem ser alterados sem autorização.

Dentre os imóveis, estão as casas dos operários, dos funcionários intermediários e dos graduados, além da estação, construída a partir de 1914, com ampliações em 1924 e 1930.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions