A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

22/10/2013 13:40

Lídio aconselha Chocolate a sair do PP para não ser perseguido por Bernal

Leonardo Rocha
Lídio diz que Bernal manda no PP e trabalha como um ditador (Foto: Arquivo)Lídio diz que Bernal manda no PP e trabalha como um ditador (Foto: Arquivo)

O deputado estadual Lídio Lopes (PEN) aconselhou o vereador Chocolate (PP) a pedir a sua saída do partido para que não seja mais “perseguido” pelo prefeito Alcides Bernal (PP). Ele destacou que já passou por esta situação e que não teve direito a defesa quando foi expulso da legenda.

“Este é o clima do PP, o Chocolate deixou de aproveitar a janela dos partidos para mudar de legenda, pois o Bernal comanda o partido e vai o perseguir, ele trabalha como ditador”, acusou.

Lídio lembrou que não teve oportunidade de defesa contra foi expulso e que o vereador terá o mesmo destino. “Não me deixaram nem argumentar ou apresentar justificativa, o Bernal manda e decide o que quiser sem que haja qualquer discussão interna”, ressaltou.

Caso - O vereador Cazuza, que é presidente municipal do PP, havia declarado que Chocolate poderia ser expulso da legenda por ter votado a favor da Comissão Processante contra o prefeito Alcides Bernal. Este por sua vez se defendeu dizendo que não havia qualquer determinação ou deliberação do partido sobre a votação na Câmara.

Já Lídio foi expulso do partido por infidelidade partidária, alegando que ele havia apoiado o candidato Edson Giroto (PMDB) nas eleições municipais em Campo Grande. O PP requisitou a cadeira de Lídio na Assembleia, mas a justiça concedeu decisão favorável ao deputado.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions