A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

22/03/2011 18:00

Lúdio Coelho é citado como inovador na cidade e no campo

Aline Queiroz

Ex-prefeito morreu hoje, aos 88 anos

Lúdio com crianças, a espera do Papa, em 91. (Roberto Higa)Lúdio com crianças, a espera do Papa, em 91. (Roberto Higa)

Obras e projetos importantes têm assinatura do ex-prefeito de Campo Grande, Lúdio Coelho, que morreu hoje, aos 88 anos. No campo, também era considerado sinônimo de modernidade, apesar de homem de fala simples, quase caipira.

Lúdio foi prefeito de Campo Grande em duas ocasiões, 1983-1985 e 1989-1992. Ele também foi senador da República com 29,44% dos votos válidos nas urnas (1995-2003) e vice-líder do PSDB no Senado.

O presidente da Acrisul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Chico Maia, foi presidente da Câmara Municipal de Campo Grande nas duas administrações de Lúdio Coelho.

Ele lembra de grande projeto de impacto social, já na primeira gestão, o desfavelamento da Capital. Chico Maia ressalta que esta foi a primeira proposta do Brasil para retirar famílias de áreas de extrema pobreza. “Este projeto social tem a marca dele”, completa.

Já na segunda administração, iniciou a canalização do córrego da Avenida Fernando Corrêa da Costa. Até então, as enchentes eram tormento para comércio e moradores da região. Ele ressalta que a prefeitura não tinha recursos suficientes para a obra e fez “como era possível”.

Chico Maia enfatiza que, ao mesmo tempo em que era preocupado com grandes obras, Lúdio sempre olhou para as pessoas, seja servidor público ou a população carente.

Bairros como Moreninha, Aero Rancho e Buriti começaram a ser asfaltados também na gestão de Lúdio Coelho.

“Ele ia aos bairros, tomava mate com as pessoas humildes”, completa.

O presidente da Acrisul também destaca a importância de Lúdio Coelho para o setor. “Perdemos hoje a melhor referência na agropecuária. Perdemos um exemplo”, diz.

Lúdio com Almir Sater (Foto: Roberto Higa)Lúdio com Almir Sater (Foto: Roberto Higa)

Diretor das empresas de Lúdio Coelho, Luiz da Costa Vieira Neto, elenca os avanços promovidos no setor. Segundo ele, Lúdio foi o primeiro produtor a agregar agricultura e pecuária, o plantio direto e pioneiro na importação de genética para os gados nelore e zebu.

Trânsito - Modelo aprimorado para atender às necessidades atuais teve início na gestão de Lúdio Coelho. Foi o ex-prefeito que criou a integração dos ônibus do transporte coletivo urbano.

Lúdio Coelho criou terminais de integração, o primeiro deles, o Morenão.

De acordo com o diretor da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Rudel Trindade, Lúdio implantou o chamado SIT (Sistema Integrado de Transporte). À época, Rudel era engenheiro de trânsito da prefeitura.

“Com certeza esta foi uma das melhores administrações para o trânsito por conta dos avanços. Hoje, usamos o mesmo modelo, com tecnologia avançada e ampliada”, completa.

O ex-prefeito criou o modelo viário implantado em Campo Grande e investiu na qualidade dos equipamentos usados no transporte público, como ônibus com suspensão a ar e piso rebaixado.

Na ocasião, os pontos de ônibus eram padronizados nas cores das linhas que o usuário precisava. Já nesta época foram usadas catracas eletrônicas e fichas magnéticas.

Criou-se também o “Ligeirinho” que contava com uma estação tubo no terminal Bandeirantes e três plataformas provisórias, uma em frente à Praça Ary Coelho, outra no Shopping Campo Grande a terceira no Terminal General Osório.

Simpatia - Rudel explica que, além de um grande gestor, Lúdio Coelho tinha uma característica marcante: o bom humor.

Os semáforos tinham corações no lugar dos círculos que ficam em volta das lâmpadas e, as faixas de pedestres, tinham figuras de jacarés e tuiuiús.

Lúdio estava internado há quatro dias e morreu em decorrência da falência múltiplas dos órgãos.



Em um evento com ex-prefeitos, apresentavam melhorias no trânsito de Campo Grande a alguns dias atrás, ele me cutucou e falou em meu ouvido: "o transporte do futuro vai ser o balão" olhei para ele e pensei que não conhece ele pensaria que era louco, mas todos que o conheceram sabiam de sua espontaneidade.
 
Fábio Silva em 23/03/2011 12:37:25
Parabéns a Familia Coelho!
Gostaria de deixar registrado que não devemos colocar aqui nesse espaço as virtudes do Drº Ludio Coelho, devemos sim, seguir o exemplo de cidadão pois este homem que levou e sempre levará na historia desse Estado um conceito inabalavel uma pessoa que deixou sua marca registrada, não deve ser lembrado, MAS SIM DEVE SER SEGUIDO AS SUAS IDEOLÓGIAS E A BUSCA DO MELHOR PARA TODOS!
Parabéns novamente a familia Coelho, pelo exemplo de homem do qual o Drº Lúdio deixou a todos nós e seus familiares!
 
Ramão Maciel em 23/03/2011 08:23:14
Que curioso, com pouco dinheiro o "Seu Lúdio"fez tantas obras de qualidade, e nos dias de hoje o asfalto que é pago em 36 parcelas pelo morador, se derrete na chuva. Será que naquele tempo as licitações eram como hoje? com certeza não. Me lembro que ná época da inflação de 80 por cento ao mês ele dava adiantamento antes do fim do mê para que os servidores comprassem alimentos antes da remarcação de preços, grande homem, grande coração, adeus.
 
joao de deus em 23/03/2011 08:02:22

HOMEM DO CHAPÉU VÁ COM DEUS MEU IRMÃO. Não dá pra acreditar como o tempo passa depressa, parece que foi ontem quando viamos Lúdio Coelho inaugurando a ponte que vai pro LAGEADO como prefeito de Campo Grande, o melhor prefeito que Campo Grande já teve em toda sua história, homem simples e honesto, não precisava pegar dinheiro público para crescer pois ele já tinha de sobra e além do mais tinha simpatia e era humilde que respeitava e era respeitado por onde passava desde as crianças até os adultos, não é igual esses . . . que temos hoje administrando nosso ( a ) . . . que querem ser mais importante que DEUS. ( Prof. J.A.)
 
João Antonio em 23/03/2011 07:29:38
Com certeza MS perde um grande homem, que com sua simplicidade e espírito inovador deixou sua marca em Campo Grande. Descanse em paz Sr. Lúdio.
 
Lúcio Lopes Nantes em 22/03/2011 10:40:33
"O Brasil todo sentiu/ Mato Grosso do Sul entristeceu/ Campo Grande está de luto pelo filho que perdeu..." Descanse em paz, Seu Lúdio. O senhor fez a sua parte.
 
Alex Hernandes Barboza em 22/03/2011 10:37:13
Perdemos um grande político, e principalmente um grande ser humano.Obrigado Dr. Lúdio.Descanse em paz, pois tenho certeza que sua missão foi realizada com sucesso.
 
Vera Cáceres em 22/03/2011 09:31:19
Sr. Lúdio, foi um exemplo de HOMEM PÚBLICO, quanta saudade de sua forma de governar, o máximo da crítica que conseguiam dele eram as suas tiradas como a de outro grande personagem o também saudoso Vicente Matheus.
Parabéns a todos nós que podemos conhecer um pouco deste grande cidadão e pobres de nós que não teremos mais um outro igual.
 
Venicio Leite de Oliveira em 22/03/2011 09:30:16
Não podemos dizer que os políticos são todos uma corja de bandidos, porque quando nos lembramos da passagem do Lúdio pela política somos confrontados com a excessão dessa categoria. Realmente, ele não deveria ter deixado a política.
 
Janice Macêdo em 22/03/2011 09:25:09
Ludio Martins Coelho, pecuarista e político notável, “Seu Lúcio”, como gostava de ser chamado, caracteriza pela sua simplicidade e honestidade, lembro de uma passagem dele como Prefeito, quando então chefe do executivo desta cidade, um dia dirigir-se à rua Calógeras esquina com a Fernando Corrêa da costa, lá estava presente para inaugurar um vão maior da ponte, cuja sua finalidade era conter as enchentes naquela imediações. ─ quando perguntado por um repórter qual a importância daquela obra? Ele na sua simplicidade que era peculiar. ─ Respondeu: “Por cima da ponte vai passar carros e por baixo vai passar água”. Este era Seu Ludio, simples, e andava pela Cidade Morena que tanto amou de chapéu como se fosse um peão de fazenda. Vai deixar saudade.

 
ELÉZIO CORREIA DE MELLO em 22/03/2011 07:38:27
ele era uma pessoa muito humilde muito simple perdemos huma pessoa maravilhosa de nosso mato grossso do sul estou muito triste o meu marido trabalhando puxando boi ja foi nas fazendas dele todos lugares todos sao muito recebido como motorista como os fucionarios
 
juliana aparecida da silva em 22/03/2011 07:11:46
A vida e assim, um começo e um fim brilhante!!, descanse em paz Lúdio Coelho.

Os covardes morrem várias vezes antes da sua morte, mas o homem corajoso experimenta a morte apenas uma vez.

William Shakespeare
 
Ronaldo Tardim em 22/03/2011 07:00:51
Olha!! MS perdeu um grande estadista.. Um grande homem que mostrou sempre com muita simplicidade a importancia de fazer as coisas certas, fazer politica correta e acima de tudo dignidade... Tenho certeza que terás um bom lugar ao lado do senhor pois homem sábio Deus quer sempre ao seu lado para sempre ajudar a espiritualidade dos homens...
 
oldemar rodrigues em 22/03/2011 06:55:28
PENA QUE AS SUAS INOVAÇÕES, NÃO TENHAM SEGUIDORES, PQ HOJE VEMOS O CAOS NO TRANSITO COM MUITOS ENGENHEIROS DE BALCÃO E MESA QUE PENA, QUANTA FALTA DE CRIATIVIDADE E DESPERDICIO PUBLICO.
 
ANALDO VIDAL em 22/03/2011 06:38:43
Mato Grosso do Sul, perde um homen de qualidade honestidade, bem que deveria ter cido governador e prefeito de Campo Grande por muito mais mandatos, na verdade não deveria ter deixado a politica em momento algum.
 
Lenine Ferreira da Silva em 22/03/2011 06:34:00
Muito me entristece a morte do Sr. Lúdio Coelho, pela sua honradez, simplicidade e honestidade. Que tenha o lugar que merece!
 
Juvenal Coelho Ribeiro em 22/03/2011 06:21:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions