A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

16/03/2009 10:48

Lula manda dar tratamento Vip a pecuarista de MS

Redação

Um dos maiores pecuaristas do Estado, José Carlos Bumlai, ganhou direito a tratamento Vip em Brasília. Segundo o JB On Line, o próprio presidente Lula mandou distribuir à segurança um cartaz, com direito à foto de diferentes ângulos, para que o amigo tenha acesso livre dentro do Palácio do Planalto.

Dono de mais de 200 mil cabeças de gado, ele é um dos patrocinadores preferenciais de campanhas petistas. Além do ex-governador Zeca do PT, em Campo Grande a vereadora Thaís Helena é uma das agraciadas da família Bumlai, com doações de campanha desde o primeiro mandato, quando sequer era conhecida. No ano passado, ela teve a 4ª campanha mais cara da Capital.

Intimo de Lula, o motivo da comunicação para "atendimento preferencial" seria o fato do amigo ter sido barrado dia desses no Palácio do Planalto.

O texto, estampado no Planalto, determina prioridade de atendimento a Bumlai na portaria principal do Palácio, devendo ser encaminhado para o local desejado "em qualquer tempo e qualquer circunstância".

O cartaz ainda apresenta uma foto de frente e duas de perfil de José Carlos Bumlai, para que não haja nenhum equívoco na identificação.

O pecuarista tem lugar cativo no comitê de empresários pró-Lula e foi um dos primeiros nomes cotados para assumir um ministério no governo Lula, o de Agricultura.

Durante a campanha, o petista gravou na fazenda do sul-mato-grossense propagandas durante disputa à presidência. Para desvincular a imagem do PT a do MST, Bumlai deu inclusive depoimento de apoio ao petista, direto de uma de suas fazendas, a Santa Inês.

Alguns momentos importantes também tiveram as propriedade dele como cenário. Laerte Demarchi, um dos amigos tradicionais de Lula, inventou o termo "Lulinha Paz e Amor", por exemplo, quando pescava com Bumlai no Pantanal.

Durante o governo Zeca também hospedou governadores em visita ao estado em outra propriedade, a Morro do Azeite. Articulado em diferentes setores, ele mantinha contado com empreiteiras e integrava o Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico e Social.

Por ocasião da polêmica sobre usinas no Pantanal, Bumlai foi voz favorável ao projeto apresentado pelo governo Zeca, por ter interesse na exploração do setor.

O empresário chegou a acompanhar Zeca em diferentes reuniões com ministros e diretores de estatais, entre outros temas, para a implantação do pólo gás-quí¬mico binacional Brasil-Bolívia, em Corumbá e Puerto Suárez.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions