A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

29/07/2014 19:15

Mais 12 candidaturas são impugnadas pela Justiça Eleitoral

Ludyney Moura

A Justiça Eleitoral decidiu indeferir o registro de candidatura de mais 12 candidatos proporcionais para as próximas eleições. Dos 13 processos julgados hoje, apenas o do ex-prefeito de Ponta Porã, Flavio Kayatt, candidato a deputado estadual pelo PSDB, foi adiado para a sessão de amanhã (30).

O advogado de Kayatt solicitou aos desembargadores a sustentação oral em defesa do tucano. O acórdão com a decisão foi lido ao final da sessão de julgamento, e já serve como publicação das impugnações. A partir de agora, os candidatos tem dois dias para entrar com recurso com vistas à participação nas próximas eleições.

Com os 12 impugnados hoje, chega a 16 o número de registro de candidaturas indeferidas pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul). À princípio, a côrte do Tribunal realizaria apenas duas sessões semanais para analisar os pedidos, porém o alto número de solicitações de impugnação deve aumentar a frequência das reuniões, uma vez que o órgão tem até o dia 5 de agosto para terminar a análise dos processos.

A sessão de hoje decidiu indeferir os pedidos de candidatura a deputado federal de dois representantes do PRB, Wilton Acosta e Marco Antonio Camargo Vitor, o Bispo Marco Vitor, e de Josemar Tomazelli, do PRP.

Por ora, estão fora da disputa por uma cadeira na Assembleia Legislativa Pastora Fernandes, do PSC, Rosemary Aparecida Ribeiro Alves Arandas, do PTN, Carlos Rubens de Oliveira, do PSB, Eva Dantas, do PDT, Evanil de Fátima Oliveira, do PSL, Ebner Casimiro, do PV, Necephora Izidoria Izabel de Oliveira, a profª Dora do PTC e Adonis Marcos, do PTB.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions