A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

24/08/2013 07:58

Mais um pedido de cassação contra Bernal deve chegar à Câmara

Zemil Rocha
Tabosa vai fazer manifestação na Câmara quando entregar o pedido aos vereadores (Foto: Arquivo)Tabosa vai fazer manifestação na Câmara quando entregar o pedido aos vereadores (Foto: Arquivo)

O presidente do Sindicato do Servidores Municipais (Sisem), Marcos Tabosa, já pediu à sua assessoria jurídica que elabore um pedido formal de instalação de um processo de cassação contra o prefeito Alcides Bernal (PP). “Vamos fazer manifestação na Câmara no dia que a gente for apresentar o pedido, que será entregue ao presidente da Câmara e também a cada um dos demais vereadores”, informou Tabosa.

A acusação é de “apropriação indébita” e, consequentemente, de “improbidade administrativa” em razão de o prefeito ter suspendido os repasses de Imposto Sindical e Contribuição Assistencial ao Sisem, que já somam cerca de R$ 600 mil desde março. Bernal alegou ter parado de fazer os repasses após receber ofício da Procuradoria Regional do Trabalho (PRT) determinando essa providência, mas uma segunda comunicação oficial do mesmo órgão foi enviada a ele seis dias depois tornando sem efeito a anterior.

“Já está comprovado que houve apropriação indébita, então agora a gente quer que a Câmara abra processo de cassação”, afirmou Marcos Tabosa. “Esse prefeito acha que pode fazer tudo o que quiser e não sofre nada. Nós vamos cobrar a punição. Alguém tem que fazer alguma coisa”, continuou o sindicalista, que hoje enfrenta dificuldades para manter o Sisem funcionando, já que reteve um total nos últimos cinco meses aproximadamente R$ 168 mil, não incluindo os juros, e o Imposto Sindical, no valor de cerca de R$ 450 mil, sem contar os juros e a multa de 10%.

Tabosa revelou que deverá apresentar o pedido de abertura de processo de cassação contra o prefeito Bernal na próxima quinta-feira ou na terça-feira da semana seguinte. A intenção é que seja num dia que tenha sessão ordinária, a fim de criar um fato político e mobilizar todos os vereadores para discutir o assunto.

Antes disso, na quarta-feira que vem, o presidente do Sisem vai tentar audiência com o titular da 31ª Promotoria do Patrimônio Público e Cidadania, Henrique Cândia, a fim de saber que providências serão tomadas em relação ao pedido protocolado em meados do mês passado no Ministério Público.

Primeiro pedido – O primeiro pedido de abertura de processo contra Bernal, na Câmara de Campo Grande, foi protocolado pouco antes do recesso parlamentar de julho por Milena Trombine Saliba e Youssef Saliba, donos de uma área na Via Parque que não pode ser vendida por causa da negativa do prefeito de conceder a inscrição imobiliária.

Apesar de haver um parecer jurídico do procurador-geral do Município, Luiz Carlos Santini, pela ativação da inscrição imobiliária do terreno subsistente, de 6.566 metros quadrados, e pedidos oficiais de liberação, Bernal continua pecando pela omissão, impedindo que os donos da área efetivem a venda do imóvel para o Grupo Pão de Açúcar.

Para a construção da Via Park foram desapropriados vários imóveis entre os quais o de Milena Saliba, próximo ao prédio da Plaenge. A desapropriação incidiu sobre um pedaço para contemplar a avenida. Originalmente, o terreno tinha 6.976 metros quadrados. Com a intervenção da prefeitura, no lugar dele sugiram dois novos imóveis: lote NM, com área de 410,7 m2, matriculado sob o nº 225.221 da 1ª Circunscrição do Registro Imobiliário, desapropriado nos termos do decreto municipal nº 12.089, de 31 de dezembro de 2012; e lote MT (remanescente), objeto da matrícula 225.220 da 1ª CRI, com área de 6.566,12 m2, que continuou de propriedade de Milena e Youssef Saliba.

 

 



Quem desses vereadores tem autoridade para cassar alguém? Reflitam, por favor. Até o Paulo Siufi, que um dia já foi intocável, está totalmente enrolado em irregularidades. Não é hora de cassar prefeito, é hora de trabalhar sem pensar nas próprias vaidades de qualquer partido político que seja.
 
Paulo Miranda em 24/08/2013 21:36:38
Tem que parar com esta palhaçada, todo dia tem alguem querendo cassar o prefeito, mais até agora ninguem apresentou argumentos suficientes para isso, o que esta ocorrendo é que muitos estão simplesmente querendo aparecer na midia, este caso por exemplo, basta ele repassar os recueos e tudo se ressolve, esta ação vai simplesmemte servir para que a camara deixe de trabalhar em projetos que realmente interessa a socidade, querem cassar o prefeito, apresentem fatos concretos não factoides.
 
juvenil marques do vale em 24/08/2013 18:08:35
Meu Deus, mesmo com essas criticas q vejo, ouço todos os dias eu ainda acredito na inocencia do BERNAL, se fosse mesmo verdade alguma prova já teriam descoberto contra ele, portanto nao me arrependo nenhum pouco no meu voto pois votei consciente e sei q essas línguas felinas ainda vao cair por terra pois a lei de DEUS nao falha nunca e digo BERNAL SEMPRE.....
 
MARILETE BRANDAO FERNANDES em 24/08/2013 15:51:56
Esse sindicato que roubou 110 mil reais? Poxa, melhor ficarem em silêncio que ganham mais. Tá todo mundo irritado porque a mamata acabou e não tem de onde sugarem o dinheiro público, aí a gente acaba se deparando com um papelão desses aí. Esse sindicado que começou a descontar no contracheque de servidores, sem nem mesmo terem autorização dos mesmos. É isso que eles querem de volta? Por favor, francamente. Só quem não conhece mesmo. Obrigado.
 
Paulo Miranda em 24/08/2013 14:49:33
como pode outros partido nao sabem perder,so pq o cara e radialista,acham que ele nao sabe de nada,eles querem um que e corrupto,que sobe aumento de tudo,logico tem uma vida de classe alta,e nos que tem uma vida da classe baixa que tem que se ferrar,as vezes na nossas mesas faltam alimentos pra nos,falta empregos,o Alcides Bernal entrou agora,eles quere que o cara resolve tudo de uma vez,MS nao e pequena e tbm nao cabe no bolso,se liga,se vcs nao sabem competir sai fora,vai procurar o que fazer,parem de reclamar,vcs querem pessoas corrupta dentro da prefeitura,que roubem de vcs
 
carmem de oliveira araujo em 24/08/2013 13:18:44
Espero, o mais Breve, que o Vice-Prefeito. Assume a prefeitura de Campo Gde. Realmente, Cpo Gde, Precisa .











 
NILSON FRUTO em 24/08/2013 12:48:39
E quando pedíamos voto os administrativos municipais diziam que queriam mudança e votariam no Bernal. Conseguiram a mudança que queriam? Vamos ver se na próxima eleição o arrependimento bata na consciência!
 
Marise Costa em 24/08/2013 10:46:35
Mais um...
 
Milton Santolaia Miguel em 24/08/2013 10:42:35
Cassa-lo não irá resolver a situação de Campo Grande, pois acarretará na substituição de todos os secretários e chefias ... sendo assim a máquina administrativa irá parar mais uma vez ... enfim, mas lentidão e mais problemas. O que precisa ser feito é cobrar o atual prefeito para que ele seja mais ágil, ou seja: parar de ser tão desconfiado com o seus companheiros de administração, parar de ser tão centralizador, parar de ser tão enrolado (para não dizer perdido) e parar de ser tão estrelinha, pois faz muita firula para receber até seus companheiros de trabalho e partido. A população, principalmente aqueles que votaram nele, precisam cobra-lo!
 
Mario de Andrade em 24/08/2013 09:33:16
Pessoal se forem cassar o mandato de Bernal que cassem logo a cidade não pode ficar sem prefeito.
 
JOSE ALFREDO DE MELO em 24/08/2013 09:27:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions