A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018

29/01/2012 18:10

Mandetta prevê queda de braço no Congresso para aprovação da Lei da Copa

Wendell Reis

O deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM) acredita que o a oposição vai enfrentar uma queda de braço com o Governo Federal durante a aprovação da chamada Lei da Copa. Para citar um dos problemas, o deputado lembra que o Governo está cedendo a pressão da Fifa para aprovar a comercialização de bebida alcoólica nos estádios, por conta da patrocinadora, que é uma marca de cerveja, o que é totalmente contra.

A oposição é contrária ao comércio de bebidas porque entende que o esporte defende a vida e não tem relação alguma com bebida alcoólica. Mandetta confidencia que tem uma relação muito próxima com o deputado federal Romário, por conta da afinidade na defesa dos portadores de deficientes. Assim, tem acompanhado de perto o processo. O deputado acredita que o Brasil deve fazer uma Copa do Mundo razoável e não boa. “Não fez o que tinha que ter feito em oito anos e agora faltam dois. Acredito que teremos problemas com aeroportos, trânsito e violência”.

Mandetta critica o que chama de maquiagem e diz que não duvida do Governo Federal instalar tapumes para esconder as favelas. O deputado avalia que o País está perdendo a oportunidade de fazer um legado com a Copa do Mundo e critica a falta de incentivo ao futebol e de planejamento.

Mandetta também alfineta o Governo e avalia que a população está satisfeita porque a economia vai bem. Entretanto, diz que não é certo jogar a sujeira para debaixo do tapete, lembrando dos casos de corrupção nos ministérios. Mandetta entende que não basta demitir, tem que continuar a investigar os casos de corrupção.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions