A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

02/02/2009 06:40

Marisa: PSDB vota em petista, mas permanece na oposição

Redação

Na eleição desta segunda-feira para a presidência do Senado, Marisa Serrano (PSDB-MS) irá votar no senador Tião Viana (PT-AC). O PSDB oficializou apoio ao candidato petista.

Para Marisa, tanto Tião Viana quanto o candidato José Sarney (PMDB-AP) são ligados ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Apesar do apoio a Viana, Marisa Serrano diz que o PSDB vai continuar na oposição ao PT e ao governo Lula. "O PSDB vai continuar fazendo oposição. A população pode ficar tranqüila", afirmou.

Dentro do PSDB deve haver pelo menos uma dissidência: o senador Papaléo Paes (PSDB-AP), que declarou publicamente voto ao peemedebista José Sarney.

A senadora sul-mato-grossense diz que apesar de votar em Tião Viana, quer manter a parceria com o PMDB em Mato Grosso do Sul. Na Câmara, o PSDB apóia Michel Temer (PMDB-SP) na disputa pela presidência. A eleição naquele parlamento também será hoje.

"O PMDB da Câmara é o PMDB que estamos conversando. Estamos apoiando o Michel Temer", disse. "Nós temos uma parceria muito antiga com o PMDB no Estado", lembra.

Candidatura própria - Marisa disse que apenas espera uma definição do próprio PMDB para manter a aliança em Mato Grosso do Sul. Caso os peemedebistas se unam ao PT, o PSDB partirá para a candidatura própria ao governo do Estado em 2010.

"Os jornais deram que o governador está buscando apoio com o PT. Se isso de fato se consumar, o PSDB terá candidatura própria", afirma a senadora. O candidato tucano poderia ser a própria senadora ou um outro político do partido.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions