ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  02    CAMPO GRANDE 29º

Política

Marquinhos percorre tendas sanitárias instaladas nas UPAs da Capital

Os locais tem o objetivo de desafogar filas das unidade e evitar pico de gripe

Por Flávio Veras | 31/12/2021 11:37
Prefeito percorre algumas UPAs da Capital durante ás vespera do réveillon. (Foto: PMCG/ivulgação)
Prefeito percorre algumas UPAs da Capital durante ás vespera do réveillon. (Foto: PMCG/ivulgação)

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) percorreu algumas UPAs Unidades de Pronto Atendimento) de Campo Grande, na manhã desta sexta-feira (31). Segundo Marquinhos, a visita foi realizada para verificar o funcionamento das tendas instaladas nas áreas externas das unidades, que tem o objetivo de otimizar o atendimento.

Ainda conforme o prefeito, as UPAs visitadas foram dos bairros Leblon, Universitário, Tiradentes e Coronel Antonino. “O atendimento tem aumentado muito devido às infecções ocasionados pela gripe. Ainda bem, Campo Grande não tem registrado muitos casos da H3N2 (Influenza A). Porém, uma forma de nos precavermos e otimizarmos o atendimento, foi a colocação dessas tendas”, projetou Marquinhos.

Ainda de acordo com o prefeito, os locais servem tanto para triagem, quanto para atendimento ambulatorial. “No Leblon, por exemplo, tínhamos hoje pela manhã 10 médicos, porém apenas 9 consultórios. Portanto, quando necessário, os profissionais podem fazer o atendimento clínico na parte externa das UPAs”, explicou.

Tendas - A instalação de tendas sanitárias será empregada, prioritariamente, na triagem de pacientes sintomáticos em unidades de urgência e emergência da Capital. Ao todo, serão montadas de forma gradativa, 10 estruturas que funcionarão 24h.

A instalação das estruturas é uma estratégia adotada pelo município devido ao aumento expressivo dos atendimentos relacionados a síndromes gripais nas últimas semanas.

Até a última atualização, 42 casos de H3N2 haviam sido notificados na Capital. Além das tendas, a prefeitura renovou o contrato de 90 médicos e convocou 30 novos profissionais.

Nos siga no Google Notícias