A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Agosto de 2017

19/09/2016 11:14

Ministério Público recomenda ações para impedir troca de voto por gasolina

Promotores pediram que diretórios de partidos e até proprietários de postos adotem cuidados para controlar abastecimento em Dourados, Itaporã e Douradina

Helio de Freitas, de Dourados

Recomendação do MPE (Ministério Público Estadual) divulgada hoje (19) tenta convencer diretórios de partidos políticos e até postos de combustíveis a adotarem medidas para impedir a distribuição de gasolina em troca de voto em Dourados, Itaporã e Douradina.

Assinada pelos promotores eleitorais Luiz Gustavo Camacho Terçariol e Ricardo Rotunno, a recomendação orienta os diretórios municipais de partidos políticos e os candidatos dos três municípios a enviarem ao Ministério Público Eleitoral, no prazo de cinco dias, as listas com nome de todas as pessoas que estão ou irão trabalhar na campanha eleitoral, dos veículos que serão utilizados e dos postos de combustíveis onde serão abastecidos.

Os promotores determinaram precauções para evitar distribuição de “requisição” ou “vale-combustível” a pessoas que não estiverem trabalhando na campanha e orientam que os documentos para abastecimento de veículos usados na eleição tenham nome e o CPF do beneficiário do combustível, a placa do veículo e o nome e CPF do responsável pela emissão do documento.

Aos proprietários, gerentes ou responsável pelos postos de combustíveis das três cidades, o MPE orienta que, ao serem procurados para o fornecimento de qualquer quantidade de combustível mediante a apresentação de requisição ou vale-combustível proveniente dos candidatos, que façam a conferência se todos os dados estão preenchidos, como nome, CNH e o CPF do beneficiário, placa do veículo e quantidade de litros.

Pedem ainda que os postos abasteçam apenas veículos de condutores que sejam os beneficiários do combustível, com a conferência da CNH do condutor e placas previamente cadastradas.

Na recomendação, os promotores orientam os candidatos e postos a manterem os documentos organizados e facilmente localizados, em caso de solicitação por parte do Ministério Público.

Justiça Federal determina que bens de ex-prefeita sejam bloqueados
Cinco pessoas, entre elas a ex-prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura, estão na lista em que a Justiça Federal determina o bloqueio de bens sob acusaç...
Maia diz que retomará votação sobre reforma política na próxima terça-feira
Após dar início à votação da Proposta de Emenda Constitucional da reforma política, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encerrou a sessão ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions