A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

30/05/2014 18:56

Ministro anuncia R$ 24,2 milhões para MS, mas nega extra para Santa Casa

Josemil Arruda e Lidiane Kober
Ministro da saúde fazendo palestra em Campo Grande nesta tarde (Foto: Marcelo Victor)Ministro da saúde fazendo palestra em Campo Grande nesta tarde (Foto: Marcelo Victor)

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, anunciou hoje, durante evento na Fiems, a liberação de R$ 24,2 milhões para Mato Grosso do Sul, dos quais 11,7 milhões via convênios assinados esta tarde para beneficiar a rede hospitalar do Estado, e R$ 12,5 milhões fruto de empenhos de emendas de deputados e senadores sul-mato-grossenses. Negou contudo verba extra solicitada pela Santa Casa de Campo Grande.

Durante o seminário na Fiems, onde fez palestra sobre o programa “Mais Médicos”, o ministro assinou portarias para liberar R$ 5,9 milhões para Rede Cegonha no Estado, com aumento do teto, R$ 4,9 milhões para o Hospital Universitário de Dourados, vinculado à UFGD, R$ 541 mil para o Hospital Universitário de Campo Grande, vinculado à UFMS, R$ 150 mil para Maternidade Cândido Mariano e R$ 243 mil para Hospital Regional Rosa Pedrossian.

Quanto aos valores empenhados que totalizam R$ 12,5 milhões, o ministro revelou que são referentes a emendas parlamentares para investir em infraestrutura da saúde pública de Mato Grosso do Sul.

A Santa Casa de Campo Grande tinha solicitado R$ 3,5 milhões a mais para atender suas despesas. O ministro negou a princípio a possibilidade de aumentar o repasse, alegando que a União já vem ajudando bastante o hospital, mas disse que vai analisar o pleito. “Só no ano passado deixamos R$ 10 milhões e estamos ajudando por outros meios, como refinanciamento das dívidas”, declarou Chioro.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions