A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

07/12/2016 13:45

Ministro pode facilitar acordos bilaterais para fronteira, diz Mochi

Ministro da Defesa, Raul Jungmann, estará amanhã na Capital

Leonardo Rocha
Junior Mochi comentou sobre a visita do ministro, Raul Jungmann, durante sessão (Foto: Assessoria/ALMS)Junior Mochi comentou sobre a visita do ministro, Raul Jungmann, durante sessão (Foto: Assessoria/ALMS)

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, estará amanhã (07), na Assembleia Legislativa, para discutir a segurança na fronteira do Estado. O presidente do legislativo, Junior Mochi (PMDB), espera que ele possa facilitar e até mediar um debate com os países vizinhos, para firmar acordos bilaterais, em prol de uma melhor vigilância e fiscalização da área.

"Vamos discutir os problemas da fronteira do Estado, o que precisamos é ações integradas, que vão desde o trabalho conjunto de forças de segurança, ao trabalho do ministro junto as Relações Exteriores, para acordos bilaterais, em torno da segurança nesta região", disse Mochi.

O peemedebista ponderou que os trabalhos neste sentido, começaram na semana passada, com a realização de uma audiência pública. "Ele (ministro) não pôde comparecer, mas firmou este compromisso para vir nesta semana e usar a tribuna. Vai poder ajudar muito e facilitar estas ações efetivas".

Neste evento, que vai contar com a presença do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), o ministro vai receber uma carta de recomendações firmada por autoridades públicas e civis. O secretário de Segurança, José Carlos Barbosa, vai fazer uma exposição sobre a situação da fronteira. 

Carta - No final da audiência pública, foi produzida uma carta que pede a criação de um fundo nacional para ajudar os estados a custear gastos com sistema prisional, por detentos advindos do tráfico internacional de drogas, assim como uma comissão que possa debater o tema no Estado.

Também foi citado eventuais mudanças em leis penais, sobre bloqueio de bens do tráfico pela Justiça, para que sejam divididos com a corporação responsável pela apreensão, seja Polícia Civil ou Militar.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions