A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Agosto de 2017

10/01/2014 09:35

Monteiro diz que o importante é garantir palanque para Aécio em MS

Leonardo Rocha
Monteiro reconheceu que qualquer decisão dos diretórios regionais precisam do aval da cúpula nacional (Foto: Arquivo)Monteiro reconheceu que qualquer decisão dos diretórios regionais precisam do aval da cúpula nacional (Foto: Arquivo)

O presidente regional do PSDB, o deputado Márcio Monteiro, afirmou que o importante para direção nacional do partido é ter um palanque garantido para o candidato a presidente Aécio Neves (PSDB) no Estado. Ele também confirmou que qualquer aliança da direção estadual do PSDB, incluindo-se a polêmica com o PT, precisa ter o aval da executiva nacional.

Ontem o colunista do Jornal O Globo, Ilimar Franco, publicou que a executiva nacional do PSDB irá aprovar uma resolução que retira a autonomia dos diretórios regionais, já que estas decisões precisam atender aos interesses da campanha do senador Aécio Neves.

“Não haverá nada de diferente, já que toda decisão da direção estadual precisa da homologação a nível nacional, o nosso órgão superior. Já conversamos com o Aécio e garantimos seu palanque em Mato Grosso do Sul”, afirmou o tucano.

Monteiro ainda garantiu que todas as conversas feitas pelo deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) no Estado são de conhecimento de Aécio Neves.

“Qualquer articulação ou diálogo proposta aqui, informamos a direção nacional, eles sabem todos os nossos atos e qualquer decisão terá que ter a sua homologação”, explicou.

Adversários – Esta resolução que deve ser aprovada em fevereiro quer justamente impedir que tucanos nos estados se juntem a adversários no plano nacional, evitando que interesses locais prejudiquem a campanha do candidato a presidente.

O presidente regional do PSDB garante que as conversas com possíveis aliados continuam, inclusive com o PT, porém ressalta que não existe nenhuma definição. “Na última conversa que tivemos com o Aécio (Neves), ele nos disse para seguirmos as nossas conversas, já que saberíamos o que melhor para o partido no Estado”.

Em Mato Grosso do Sul, os dirigentes do PSDB e PT que já haviam estado no mesmo palanque do prefeito Alcides Bernal (PP), em Campo Grande, estavam em conversas adiantadas para seguirem juntos na eleição deste ano.

O deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) que pode ser candidato ao senado, já havia feitos várias declarações dizendo que poderia se aliar ao senador Delcídio do Amaral (PT), pré-candidato ao governo estadual.

Além da resistência de filiados dos dois partidos, o PT também possui uma resolução da que proíbe a realização de alianças com o PSDB, PPS e DEM, já que os três partidos formam a oposição a presidente Dilma Rousseff (PT), em Brasília.




O melhor para o Estado, Monteiro, ainda continua sendo o PMDB. Não repita a besteira que fizeram com a capital apoiando Bernal.
 
luiz carlos soares em 10/01/2014 10:51:57
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions