A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

05/12/2012 20:28

Movimento já conseguiu 10 mil assinaturas contra aumento salarial de vereadores

Nyelder Rodrigues e Viviane Oliveira
Movimento que luta contra reajuste ganhou destaque após a aprovação do aumento. Na foto, protesto realizado na segunda-feira (Foto: Divulgação)Movimento que luta contra reajuste ganhou destaque após a aprovação do aumento. Na foto, protesto realizado na segunda-feira (Foto: Divulgação)

O Movimento Voluntário, que protesta contra o aumento 61,9% no subsídio dos vereadores de Campo Grande, já conseguiu 10 mil assinaturas.

“Também já fizemos nota de repúdio, porque como a maioria da população, estamos indignados”, explicou uma as integrantes do movimento, a pedagoga Patrícia Arruda da Fonseca, que é filha do ex-senador e prefeito Juvêncio César da Fonseca.

Além dela, Luis Felipe Granja e Thiago Kalunga, ambos servidores públicos, também integram o movimento e conversaram com a reportagem do Campo Grande News.

Eles contaram que um dia antes de acontecer a votação, fizeram uma manifestação pacífica em frente à Câmara, e ainda assim, no dia seguinte, foram pegos de surpresa com a notícia de que os salários já tinham sido aumentados.

Dias antes da votação, eles também foram à Câmara para uma audiência com os vereadores, e tiveram a garantia do presidente da Casa, Paulo Siufi (PMDB), que nada seria feito às escondidas, e que o grupo teria voz na questão por que representavam a população.

“Confiamos na palavra dele”, comentam os três integrantes, que também afirmaram que apesar da aprovação do aumento pelos vereadores, vão continuar colhendo as assinaturas, pois acreditam que estão representando a população nesta questão.

O Movimento Voluntário surgir pela rede social facebook após ter sido noticiada a intenção dos vereadores em votar o aumento de salário em 61,9%, elevando dos atuais R$ 9.280 para R$ 15.031 a partir de janeiro de 2013.

Grupo afirma que vereador Paulo Siufi (foto) assegurou que votação não seria feita às escondidas  (Foto: Arquivo)Grupo afirma que vereador Paulo Siufi (foto) assegurou que votação não seria feita às escondidas (Foto: Arquivo)

Para Thiago, Luis Felipe e Patrícia, o movimento também serve para incentivar as pessoas a fiscalizar os atos do legislativo e executivo de Campo Grande, além de cobrar a Lei da Transparência. Eles também querem que o movimento ganhe a confiança das pessoas, se aproximando da sociedade.

Nota de repúdio e análise da OAB – Entre os conteúdos da nota, estão questionamentos quanto à legalidade do aumento e o motivo dele ter ocorrido em regime de urgência, sem comunicar imprensa e população.

Além disso, a OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil de Mato Grosso do Sul) informou que elaborará um parecer técnico para averiguar a legalidade do reajuste. Além do salário, os vereadores recebem mensalmente R$ 8,4 mil de verba indenizatória.



Edjalma Fossati Chaves, obrigado por aderir à minha proposta. Já somos dois. Vamos fazer com que mais pessoas "se acheguem" ao "nosso" pensar. Abraços.
 
Fernando Silva em 06/12/2012 22:16:11
Nossos vereadores ainda não entenderam que o povo não é mais otário; não adianta deixar para aprovar o aumento de salário em dezembro, estamos atentos.
 
Angelica Louveira em 06/12/2012 19:15:03
Ta ai meu povo, que tal não votar na proxima eleição? Eu ja começei este anoooooo
 
Eduardo Lima em 06/12/2012 12:40:34
Isso é dar atestado de otário a todos os eleitores , principalmente a aqueles que se venderam por miseros reais , cestas básicas , promessas ou seja lá qual tenha sido o seu preço ...... Enquanto brincamos com a politica vemos a saúde se degradar , a segurança se acabar , o transporte publico falir , a educação ficando cada vez mais burra e por ai vai .... VIVA O BRASIL E VIVA O POVO BRASILEIRO
 
Ivan Pereira em 06/12/2012 10:38:34
Enquanto formarmos uma sociedade permissiva, teremos que conviver com este tipo de político: RECEBEM MUITO, VÃO À CÂMARA 02 VEZES POR SEMANA, FAZER QUASE NADA, E O QUE É PIOR SÃO REELEITOS. A culpa, na verdade é nossa!
 
Marcilene Dutra em 06/12/2012 09:51:34
É UMA VERGONHA.... enquanto os trabalhadores de todas as áreas e setores lutam para conseguir 3%, 5% e olhe lá..... os políticos que deveriam dar o exemplo , são os primeiros a se aproveitar das situações... PODE ATÉ SER "LEGAL", MAS QUE É IMORAL , ISSO É ......
 
JOSAFA PEREIRA DOMINONI em 06/12/2012 07:18:51
Já que os vereadores não deram a minima para o movimento,seria louvavel fazer que este movimento se torne ainda maior,criar um projeto de lei nivel nacional,onde ficaria a cargo dos conselhos regionais defenir o valor dos salarios ja que neste conselhos estão representantes de boa parte da sociedade organizada e são pessoa voluntarias sem qualquer tipo de remuneração trabalhado muito em beneficio da cidade.Mudar a constituição,diminuir o numero de vereadores em todo o territorio nacional é muita gente fazendo quase nada. O aumento pode ate ser legal mas é imoral,quando tantas pessoa estao nos hospitais,sem tratamento,medicamentos,faltam medicos,tecnicos,equipamentos,consultas que demoram meses etc...
 
Edjalma Fossati Chaves em 05/12/2012 23:45:28
essa é a resposta QUE dão a todos os idiotas que votaram neles, inclusive eu!!!!!
 
idevaldo de jesus em 05/12/2012 23:38:29
Esse daí é cria!!!! autor do projeto,,,, o povo tem que tirar esse elemntos do poder!!!! falta médico, falta remédio, e o povo pagando I.P.T.U, e ainda maios o Prefeito esta dando desconto no IPTU, nos juros e Multa,,,, é muita cara de pau!!!!
 
Valter Vieira Alves em 05/12/2012 23:00:54
O meu Patrão perguntou se eu queria 60 por cento de aumento, e eu disse não, só 5% esta bom kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
 
Valter Vieira Alves em 05/12/2012 22:58:51
O POVO NECESSITA SABER DESSE FALCATRUA
 
Valter Vieira Alves em 05/12/2012 22:55:36
Pessoal, onde encontrar esse movimento, preciso participar,
 
Valter Vieira Alves em 05/12/2012 22:52:34
Tenho 19 anos e gostaria muito de participar deste protesto, como faço ?
 
Jorge Gonçalves em 05/12/2012 21:52:04
O salário dos vereadores, dos deputados estaduais, deputados federais e senadores, bem como, dos chefes do executivo das três instâncias, deveriam ser decididos por uma comissão mista representada pela OAB, Conselhos classistas e outros setores representativos da sociedade civil organizada. A farra que "nossos representantes políticos" fazem com o dinheiro público quando tratam dos próprios salários, é tão grave e danosa para todos nós, como são os crimes do "colarinho branco". Penso que esta seja uma proposta interessante para se tentar criar lei, a partir da movimentação popular.
 
Fernando Silva em 05/12/2012 21:28:00
Que vergonha VEREADORES!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
Rubens Alvarenga em 05/12/2012 21:21:54
Ganham R$9 mil (salário) + R$8,4 mil (verba indenizatória) e não fazem nada, só aparecem nas eleições, depois que ganham até mudam de bairro, alguns nem ensino médio tem, etc...! Enquanto isso policiais e bombeiros arriscando a vida pelo próximo nem R$2 mil, pior são aqueles que gastam mais de R$500 mil (isso mesmo pessoal, meio milhão) para se formar médico ai chega na rede pública e querem pagar R$2,5 mil mês! Por isso que não tem médicos nos postos de saúde, o cara paga caro para se formar e vai trabalhar no particular, pois os governantes acham que não merecem mais por salvar vidas, mas sim eles merecem por enganar o povo e não serem presos!
 
Alexandre de Souza em 05/12/2012 21:21:14
é um absurdo isso o nosso salário não pode aumentar por causa da infração,e dos vereadores pode?
 
leandra samuel em 05/12/2012 20:35:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions