A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

12/12/2013 08:39

MPE vê prejuízo de R$ 110 milhões e entra com 2ª ação para afastar Bernal

Aline dos Santos
Bernal enfrenta novo processo na Justiça. (Foto: Marcos Ermínio)Bernal enfrenta novo processo na Justiça. (Foto: Marcos Ermínio)

O MPE (Ministério Público do Estado) entrou com a segunda ação na Justiça pedindo o afastamento do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP).

Neste novo processo, que foi distribuído ontem para a 1ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos, também é solicitado liminar para afastar o titular da Seplanfic (Secretaria Municipal de Planejamento, Finanças e Controle), Wanderley Ben Hur da Silva.

No inquérito civil 021/2013, foram investigadas irregularidades na abertura de créditos suplementares sem autorização legislativa pelo Poder Executivo Municipal, bem como sobre os remanejamentos, transposições e transferências orçamentárias sem a respectiva anuência legal, contrariando a Constituição Federal.

Relatório do DAEX (Departamento Especial de Apoio às Atividades de Execução do Ministério Público) aponta prejuízo de R$ 110,4 milhões ao erário público.

A ação civil por improbidade administrativa foi apresentada por três promotorias: 29ª, 30ª e 31ª. Representadas, respectivamente, pelos promotores Fabrício Proença de Azambuja, Alexandre Pinto Capiberibe Saldanha e Henrique Franco Cândia.

A outra ação de afastamento tem como base o relatório da CPI do Calote, que resultou em uma Comissão Processante que pode resultar na cassação do prefeito. Neste caso, a decisão está conclusa para o juiz da 2ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos, David de Oliveira Gomes Filho, que pode decidir a qualquer momento pelo afastamento do prefeito do cargo.

Esta segunda será julgada pelo titular da 1ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos, Amaury da Silva Kuklinski.



MP já foi alvo de dúvidas quando questionado de interferir em área de investigação de alçada da polícia. Alguém já ouviu falar de o MP estar investigando assalto no posto de combustível. Não. Porque o MP só se interessa por casos onde pode aparecer na mídia. É óbvio que o MP deveria ser extinto e colocar seu pessoal para trabalhar pela sociedade.
 
jose da silva em 12/12/2013 21:33:09
É... Não adianta!... Pelo visto, tá todo mundo "comprometido"... É câmara, é imprensa, é judiciário, é TCE, enfim, parece que apostaram quem consegue dar o golpe primeiro!... Enquanto isso, a nossa Capital fica à mercê das consequências e dos prejuízos causados por esses maus perdedores. Confiram, até agora, os estragos causados por esses irresponsáveis!...
 
Paulo Chapell em 12/12/2013 16:22:28
Pagar o aluguel da Câmara que é bom nada... Esses são os meus vereadores... Quanta eficiência!
 
Samir Neves em 12/12/2013 15:49:36
Contra FATOS não existem ARGUMENTOS e, a cada hora que passa a situação do prefeito da capital se complica mais ainda, no entanto ele não faz questão de minimizar as crises e resolver os problemas. Quando vão de fato colocar um ponto final nessa balburdia todas em que se encontra Campo Grande? Está mais que provado que existe um imenso despreparo, muita conversa e pouca ação! Pra frente CG... não podemos ficar parados!!!
 
Alex Huguenin em 12/12/2013 15:40:38
Ta virando uma putaria isso ja em campo grande.. soh um cego nao vê o que os poderosos querem.. quem vai assumir depois...??? Ai vai cassar o vice..
palhaçada isso..
 
Luiz Alvaro em 12/12/2013 15:30:39
A final de conta esse dinheiro foi investido em outro setor do Município o Bernal levou pra casa Dele? Será que não está havendo um excesso de zelo do MPE entre aspas?
 
Almir Pereira Borges em 12/12/2013 14:40:42
"Decha o ome trabaia, decha o ome trabaia...." . Pela mor da jacutinga, esse ome trabainhando só faz cagada!!!!
 
Wander Raslam Karaiev em 12/12/2013 13:52:07
Uau!!! Nunca vi tanto empenho do MPE!!!! A cidade passou 16 anos sob o comando do PMDB!!! Nunca existiu nenhuma irregularidade durante esse tempo? Que estranho, né?
 
Luciana Gomes em 12/12/2013 13:41:29
SORTE A DO PREFEITO QUE NAO COMPRO VEREADORES , SE NAO IA APARECER UM PASSAIA SIM COM CERTEZA, KKKKKKKK,
 
junior jordao em 12/12/2013 13:34:25
É o pessoal do governo anterior, tá louco pra voltar pro poder.
 
aurenio faria em 12/12/2013 12:50:18
no meu po nto de vista esta demorando demais para o prefeito cair, demorou.....
 
eraldo a bento em 12/12/2013 12:29:46
tudo isso e so para desviar o foco doque e realmente existe , a roubalheira que era nas adm anteriores !!!!
 
paulo eduardo sandim em 12/12/2013 12:29:40
ESTE MPE É UM ORGÃO MUITO ESTRANHO...POIS TEM TANTA COISAS PARA INVESTIGAR, COMO O CASO "GISA" A MAFIA DO CÂNCER E TANTAS OUTRAS, PORÉM SÓ SABE PERSEGUIR O PREFEITO...!
 
CARLOS CRUZ em 12/12/2013 11:13:32
É interessante (para não dizer duvidosa) tamanho empenho e rapidez com o MPE tem agido nos assuntos relacionados ao atual prefeito. Até então, não se via tamanha agilidade na apuração de fatos que aconteceram em governos anteriores, seja a nível municipal ou estadual. Cuidado, senhores promotores! Aqui vale o dito popular: "Quem com ferro fere, com ferro será ferido"; como aconteceu com três dos vereadores cassados.
 
Antonio Paredes em 12/12/2013 10:33:54
Só está faltando um Passaia no caso do Bernal, para armar e concluir a queda do mesmo !
 
Thiago Souza em 12/12/2013 09:08:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions