ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  25    CAMPO GRANDE 34º

Política

MS conversa com os EUA e busca parceria para projetos no Pantanal

Diálogo foi aberto em reunião virtual nessa tarde de sexta-feira (30), com negociador estadunidense

Por Nyelder Rodrigues | 30/07/2021 17:45
Reinaldo ao lado do chefe da Semagro, Jaime Verruck, em encontro com os governadores e o representante dos EUA (Foto: Divulgação/GovMS)
Reinaldo ao lado do chefe da Semagro, Jaime Verruck, em encontro com os governadores e o representante dos EUA (Foto: Divulgação/GovMS)

Sete governadores brasileiros se reuniram em videoconferência, nessa tarde de sexta-feira (30), com o enviado especial da Casa Branca, o ex-senador democrata John Kerry, para discutir ações para conter os problemas climáticos. Entre eles, esteve o sul-mato-grossense Reinaldo Azambuja (PSDB), representando o Centro-Oeste.

Ao todo, nove pautas foram apresentadas, sendo duas pelo chefe do Executivo de Mato Grosso do Sul, relativas ao estado. Uma, foi o projeto Renova Taquari, que visa em quatro anos, implementar ações que revitalização do rio, localizado na região norte sul-mato-grossense e atingido em extensa parte pelo assoreamento.

Outra, foi o Pró-Pantanal, programa criado para apoiar à recuperação do bioma pantaneiro após os incêndios que afetaram a região no ano passado, com medidas de sustentabilidade econômica que garantam a atividade econômica sem dano ambiental. Novas conversas vão ocorrer entre as equipes para que se estabeleçam parcerias.

Contudo, no decorrer do encontro, Reinaldo Azambuja também aproveitou para elencar projetos como o Estado Carbono Neutro, que tem como mote a neutralização de emissão de gás causador do efeito estufa até 2030, e o recém lançado Ilumina Pantanal, que vai levar energia a todas 2.090 propriedades da região com placas solares.

"Foi uma reunião extremamente produtiva, onde apresentamos os projetos prioritários", comenta o governador ao fim do encontro - realizado pela fundação R20, criado pelo ex-governador do estado americano da Califórnia e ator famoso por vários filmes, entre eles, o Exterminador do Futuro, Arnold Schwarzenegger.

Reinaldo representou não só Mato Grosso do Sul, mas todo o Centro-Oeste na reunião. Em abril desse ano, ele e um grupo de 24 governadores, depois denominados Governadores pelo Clima, enviaram uma carta ao presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, tratando justamente de questões ambientais discutidas hoje.

"Valorizo todas as apresentações, que foram boas e sérias. Vamos trabalhar para continuar esta parceria. É um privilégio partilhar estas ideias", frisa Kerry durante as conversas, já projetando futuras tratativas sobre a questão.

Projetos - Dividido em três fases, o Renova Taquari foi regulado em março desse ano e tem o prazo de quatro anos, conforme decreto do Governo do Estado, para recuperar o rio, que sofre há vários anos com o assoreamento causado por políticas públicas equivocadas que incentivaram, por décadas, o uso desenfreado do solo da região.

O objetivo do programa é a proteção das matas ciliares e recuperação dos danos com o assoreamento, podendo assim no futuro, retomar a navegabilidade do rio. Para isso, devem ser promovidos práticas sustentáveis de uso do solo, crescimento da vegetação e estabilização de voçorocas no norte do estado.

A ampliação de atividades econômicas, como a piscicultura em barragens, é uma das opções para promover a retomada ambiental do local e seguir atraindo empresas com compromisso ambiental e ainda gerar mais de 500 "empregos verdes".

Já o projeto Pró-Pantanal, visa estimular a recuperação econômica com ações de apoio aos empreendedores locais, economia criativa, fomento às boas práticas na produção de carne sustentável e combate aos incêndios florestais, além de estimular o manejo de solos e pastagens, incentivo à agroenergia e valorização da cultura pantaneira.

Virtualmente, ao lado de Reinaldo e John Kerry, estiveram os governadores João Dória (PSDB-SP), Renato Casagrande (PSB-ES), Wellington Dias (PT-PI), Eduardo Leite (PSDB-RS), Helder Barbalho (MDB-PA) e Flávio Dino (PSB-MA).

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário