A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

16/05/2013 10:05

Na esperança de acordo, governo protela envio de reajuste para policiais

Aline dos Santos

O governo do Estado vai enviar somente na próxima semana, entre segunda e terça-feira, os projetos detalhados dos reajustes para o funcionalismo público. Com acordos já fechados, o impasse é em torno do valor para os policiais civis, que anunciaram greve a partir de amanhã. Hoje, o governo remete para a Assembleia Legislativa a proposta de reajuste linear de 5% para todos os servidores.

Os policiais querem reajuste de 25% e alegam que recebem a 25ª menor remuneração no País, à frente de Acre e Paraíba. O governo tem duas propostas. Com greve geral, a categoria recebe o reajuste de 5%.

Sem a paralisação, reajuste linear será de 7% neste ano; 8% em 2014; 12% em 2015. A quarta classe será extinta e incorporada à terceira classe, com reajuste de 28%. A diferença de remuneração entre as classes é de 20%.

A proposta do governo ainda inclui aumento do número de vagas para promoções de escrivães e investigadores em 2015 e equiparação da “velha guarda” da Polícia Civil, nomeada antes da exigência de escolaridade, à segunda classe em 2015.

Outro benefício é a etapa alimentação para toda a categoria, uma espécie de tíquete no valor de R$ 100. Atualmente, 1.200 não recebem.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions