A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

09/11/2015 16:27

Na oposição a Bernal, PT decide lançar Zeca para disputar prefeitura da Capital

Antonio Marques
Zeca do PT, no primeiro plano, voltará a disputar a prefeitura da Capital após 20 anos (Foto: Divulgação)Zeca do PT, no primeiro plano, voltará a disputar a prefeitura da Capital após 20 anos (Foto: Divulgação)

Em reunião realizada na manhã desta segunda-feira (09), na sede do Diretório Regional do PT de Mato Grosso do Sul, as executivas estadual e municipal de Campo Grande, bancadas federal, estadual e municipal da Capital, deliberaram que o ex-governador e deputado federal José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, será o candidato do partido para disputar a prefeitura de Campo Grande em 2016.

O resultado da reunião, automaticamente, já demonstra que o PT não vai participar do governo do prefeito Alcides Bernal, pois os membros dos diretórios consideraram que o prefeito não fez esforço algum para querer o apoio da legenda, que tem três vereadores na Câmara Municipal.

Na semana passada, o presidente regional, Antônio Carlos Biffi, a convite, esteve conversando com Bernal, depois de o próprio prefeito não ter aceito a proposta do partido para compor seu governo. No final de setembro e início de outubro, a direção executiva municipal de Campo Grande esteve conversando, mas a negociação não avançou.

Os membros das duas executivas entenderam que o fato de o prefeito demorar para responder ao partido, mesmo depois de os vereadores tendo anunciado a independência na Câmara Municipal, não dando a devida importância ao PT. Os dirigentes petistas avaliaram que o governo de Bernal é superficial, centralizador e que é incapaz de organizar e planejar a cidade para o futuro.

Dessa forma, as duas executivas reunidas junto com as bancadas do partido decidiram que Zeca do PT é o nome da legenda para disputar a sucessão de Bernal em 2016. “O PT sempre teve projeto para Campo Grande e o Zeca tem todas as condições e experiência para nos representar na Capital. Não tem envolvimento algum com os escândalos de corrupção que permeia nossa cidade”, afirmou Biffi, lembrando ainda que até tentaram o prejudicar após ter saído do governo do estado, mas Zeca foi inocentado em todas as acusações infundadas.

Para a presidente do Diretório Municipal de Campo Grande, Maria Rosana Gama, apesar do desgaste imposto por parte da mídia nacional, o PT está em expansão na Capital, reaproximando de sua base, dos movimentos sociais e da militância. “ Vamos fortalecer o PT nos bairros e consolidar nosso projeto para Campo Grande”, disse Maria Rosana.

Após as manifestações de concordância e apoio dos presentes a sua pré-candidatura, Zeca disse estar disposto a assumir a missão. “Como meu nome unifica o PT eu aceito”, declarou o deputado federal ao final da reunião, mas lembrou que ainda deverá tratar o assunto com o senador Delcídio do Amaral.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions