ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, QUINTA  02    CAMPO GRANDE 25º

Política

Não tem mais volta: PMDB põe em ata opção por Nelsinho Trad para 2014

Por Zemil Rocha | 13/11/2013 18:10
Nelsinho só não será candidato do PMDB ao governo "se não quiser ou morrer" (Foto: arquivo)
Nelsinho só não será candidato do PMDB ao governo "se não quiser ou morrer" (Foto: arquivo)

Se havia alguma dúvida, já não há mais espaço para ela. O ex-prefeito Nelsinho Trad (PMDB), atual secretário estadual de Articulação com os Municípios, será o candidato a governador dos peemedebistas em 2014. Compromisso nesse sentido foi fechado há alguns dias e firmado em ata do PMDB regional.

“Nelsinho são não vai ser candidato se não quiser ou morrer”, informou uma liderança estadual do PMDB, ao informar sobre a ata, assinada pelos dirigentes peemedebistas da Executiva regional, comandada pelo deputado estadual Oswaldo Mochi Júnior, que a preside.

A decisão do PMDB acaba sepultando opção de acordo com o senador Delcídio do Amaral, pré-candidato a governador do PT, defendida pelo deputado estadual peemedebista Jerson Domingos, presidente da Assembleia Legislativa. “O que vale é documento do partido, registrado em ata”, afirmou a mesma liderança que revelou a informação.

Com essa garantia, Nelsinho Trad está fazendo andanças com maior desenvoltura política pelo interior, buscando ampliar o apoio de outros partidos e lideranças locais. A Secretaria Estadual de Articulação com os Municípios, conduzida por Nelsinho, está tendo uma atuação muita mais forte nos últimos dias.

Outro fator que deixa Nelsinho em boa situação para disputa do ano que vem. É a boa avaliação popular do governo de André Puccinelli, que continua investimento muito em obras e serviços públicos. O discurso é de que o desenvolvimento do Estado, sob o comando do PMDB, deve prosseguir.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário