A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

30/10/2013 18:50

“Quem pariu Mateus que o embale”, diz Nelsinho, sobre Bernal, Delcídio e o PT

Zemil Rocha e Bruno Chaves
Nelsinho vê Delcídio tentando se esconder diante da impopularidade de Bernal (Foto: Cleber Gellio)Nelsinho vê Delcídio tentando "se esconder" diante da impopularidade de Bernal (Foto: Cleber Gellio)

O ex-prefeito e secretário estadual de Articulação com os Municípios, Nelsinho Trad (PMDB), afirmou esta tarde que não tem nada contra o PT ajudar o prefeito Alcides Bernal (PP) a tentar superar a crise política que ameaça seu mandato. “Quem pariu Mateus que o embale”, afirmou Nelsinho, reproduzindo uma de inspiração bíblica.

Para Nelsinho, Bernal não está conseguindo fazer uma boa gestão e por isso precisa realmente de ajuda. “Ele não está conseguindo mostrar a que veio e precisa de auxílio, de um auxílio a ser demonstrado por aqueles lideres que o levaram à vitória”, afirmou Nelsinho, alfinetando o senador Delcídio do Amaral, que apoio o progressista no segundo turno da eleição do ano passado e agora está afastado politicamente do prefeito.

Alegando que acompanhou apenas pela imprensa a articulação do PT para continuar apoiando Bernal, Nelsinho voltou a criticar, sutilmente, Delcídio, seu possível adversário na disputa pelo governo do Estado no ano que vem: “Acredito que essa negociação tenha sido feito pelo PT – Partido de Todos – e não pelo PT – Partido dos Trabalhadores. Então é bom que se assuma isso”. O peemedebista falou em “Partido de Todos” numa alusão à campanha de Delcídio para o Senado em que ele se autoproclamava como o “senador de todos”.

Depois de garantir que não tem nada contra a continuidade do PT na base de apoio de Bernal, Nelsinho voltou à carga contra Delcídio: “Acho que as pessoas têm de ter coragem de assumir e auxiliar quem precisa de auxílio”.

E fez sua própria interpretação da frase “quem pariu Mateus que o embale”, dizendo que “essa é a máxima que a gente aprende na vida” e que “é fácil em uma situação como essa querer se esconder, porque a popularidade do prefeito está ruim”.

 



O ex Prefeito de Campo Grande Nelson Trad Filho.que tem o apoio do atual Governador André Puccinelli, " o maior estadista" na atualidade deste Estado, só comparado a Pedro Pedrossian. devia seguir seus conselhos. Me preocupa determinadas colocações do ilustre ex Prefeito parecendo não seguir a risca a doutrina do padrinho. A meu ver é necessário dar uma trégua ao Bernal, pelo menos 1 ano de mandato, aí sim vamos critica-lo. E esquecer o PT. É inoportuno fazer qualquer colocação sobre o Senador Delcídio no momento seria como mexer em formigueiro de cortadeiras ou colmeia de abelhas africanizadas, o resultado é sempre sequelas graves, como aconteceu recentemente com o " "E O BERNAL ?". Deixa a carruagem seguir seu destino e vamos interceptá-la na hora certa, AINDA É MUITO CEDO!
 
José Cravinho em 31/10/2013 11:17:54
É só o ex-prefeito tomar cuidado porque esse rolo compressor pode atropelá-lo em 2014.
 
jesus ribeiro em 30/10/2013 22:26:20
E o caso GISA????
Quem pariu a GISA .... ... irá embalá-la?
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Fecha a boca que é melhor. De boca aberta já chegam os edis e suas manifestações pouco educadas em sessões.
 
Ricardo Piazza em 30/10/2013 21:47:55
Tem gente que não desconfia do ridiculo, quem elegeu o Prefeito atual foi nós eleitores, que já não aguentava mais o Reinado de fantasia, obras provisórias, serviços ruralistas e tudo em prol de um grupinho. As obras feita por a Administração passada, só durarão 2 anos e tem obra que já desmoronou, como no Sayonara.
 
luiz alves em 30/10/2013 19:52:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions