A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

28/06/2009 11:18

Nelsinho diz que não pensa em ser candidato ao Senado

Redação

Mesmo que as conversas sobre as composições partidárias para as eleições do ano que vem estejam a todo vapor, o prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), ainda diz que é cedo para se falar sobre o assunto. A idéia dele disputar uma vaga ao Senado tem ganhado força dentro do partido, principalmente para evitar uma aliança entre o PT e o PDT.

Nelsinho é colocado como nome forte, peça chave na composição de uma chapa para ameaçar os planos pedetistas de fazer um senador.

"Minha prioridade neste momento é administrar Campo Grande", garante Nelsinho, jogando a responsabilidade de engrossar a coligação peemedebista para outros colegas de partido.

"Temos aí a prefeita Simone Tebet [Três Lagoas], o senador Valter Pereira e o deputado [federal] Waldemir Moka. Todos companheiros valorosos e valiosos", esquiva-se.

Segundo o entendimento do prefeito, a ordem neste momento é cuidar da cidade. Apesar de evitar falar sobre a possibilidade de disputar uma cadeira no Senado Federal, com argumento de que o debate ainda é prematuro, Nelsinho deixa uma ponta de esperança para os articuladores do PMDB. "A população é quem vai definir".

Questionado sobre o peso político de seu nome em uma chapa majoritária, Nelsinho mais uma vez lembra dos nomes dos companheiros de legenda e acrescenta: "não sou eu quem vai fazer diferença nesta história".

A estratégia

Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions