A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

12/11/2015 22:25

No aeroporto, 50 petistas pedem fora Cunha; 30 sindicalistas reposição salarial

Flávio Paes
Manifestação recepciona deputados federais no aeroporto de Campo Grande. (Foto:Divulgação)Manifestação recepciona deputados federais no aeroporto de Campo Grande. (Foto:Divulgação)

Três deputados da bancada federal de Mato Grosso do Sul foram recepcionados nesta quinta-feira no Aeroporto de Campo Grande por dois grupos de manifestantes, com diferentes palavras de ordem. 

Os petistas Vander Loubet e Zeca do PT, além de Geraldo Resende, do PMDB, ao desembarcar foram saudados por 50 militantes petistas, liderados pelo ex-deputado federal Antonio Carlos Biffi, presidente diretório regional, que levaram faixas e cobraram a destituição do presidente da Câmara, Eduardo Cunha.

Já o outro grupo, com cerca de 30 servidores federais, seguravam cartazes pedindo a derrubada do veto 26 ao projeto que trata da reposição dos servidores do judiciário federal, que garante a categoria em torno de 53%.

Enquanto um grupo gritava “não vai ter golpe” e fora “Cunha”, outro “derruba o veto já”. A tentativa de unir as palavras de ordem para fortalecer a manifestação, fracassou, porque os representantes dos funcionários não quiseram encampar os gritos de ordem contra o golpe à presidente Dilma Roussef, que vetou o reajuste por conta da crise financeira.

Já o presidente do PT Regional, Antonio Carlos Biffi, disse que além de pedir a saída de Eduardo Cunha da presidência da Câmara pelo envolvimento em escândalos e não ter revelado à CPI que tinha dinheiro na Suiça, os petistas foram dar apoio aos parlamentares do partido. Há cerca de duas semanas o deputado Zeca do PT foi hostilizado por um grupo de manifestantes que defende a saída da presidente Dilma.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions