A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 16 de Janeiro de 2018

23/10/2014 23:13

No debate, Delcídio esperava mais, Azambuja viu confronto como positivo

Leonardo Rocha e Kleber Clajus
Delcídio esperava mais confronto de ideias no debate, e classificou como de baixo nível (Foto: Alcides Neto)Delcídio esperava mais confronto de ideias no debate, e classificou como de baixo nível (Foto: Alcides Neto)
Azambuja definiu o confronto como positivo e diz que ataques precisam de resposta a altura (Foto: Alcides Neto)Azambuja definiu o confronto como positivo e diz que ataques precisam de resposta a altura (Foto: Alcides Neto)

Os candidatos ao governo estadual que se enfrentaram no último debate, antes da eleição do segundo turno, tiveram impressões diferentes sobre o evento. Enquanto que Delcídio do Amaral (PT) achou que o embate foi abaixo do esperado, Reinaldo Azambuja (PSDB) citou os ataques, mas definiu o confronto como positivo.

“Não deu tempo de falar de projetos para o Estado, dentro das possibilidades, achei o debate ruim e de baixo nível”, definiu o candidato petista. De acordo com Delcídio, esta era uma oportunidade única de fazer o embate de “ideias”, mas que esta dinâmica não ocorreu. “Era uma oportunidade ímpar que nós perdemos”.

Delcídio disse que os confrontos precisavam ser feitos da forma como ocorreu. “Temos que responder com dureza, como diz o ditado, chumbo trocado não dói”. O petista ainda adiantou que o foco agora é na campanha, em andar nas ruas e levar sua mensagem final, já que o povo de Mato Grosso do Sul o conhece bem.

Reinaldo Azambuja considerou o evento “positivo”, ele também reconheceu que o encontro foi “acalorado”, pois segundo ele, cada ataque precisa ter uma resposta a altura. “Não se pode deixar de responder, principalmente quando se envolve a família”, completou.

O candidato tucano ainda ressaltou que, nesta reta final, vai priorizar alguns municípios do interior e terminar no sábado, fazendo evento de manhã em Maracaju, cidade onde foi prefeito, e a tarde em Campo Grande. Sobre as pesquisas de intenção de votos, Azambuja disse que prefere esperar os números das urnas, que vão sair apenas no domingo, após a apuração da eleição.

O debate na TV Morena, sob o comando do jornalista Carlos Monforte, teve três blocos, o primeiro foi de perguntas de temas livres, já no segundo bloco houve o confronto com temas definidos e na terceira etapa, as considerações finais.



Esperava mais o que? Este individuo tem baixado o nível da campanha com denuncias vazias e mentirosas. Quem esperava mais sinceramente somos nós os eleitores que nos vimos obrigados a assistir uma campanha de baixo nível principalmente por parte deste cidadão. O povo não cai mais nesta armadilha, e daremos a resposta nas urnas. Infelizmente este cidadão ainda terá mais 4 anos no senado, mas tenha certeza que serão os últimos 4 anos.
 
Escobar em 24/10/2014 07:24:57
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions