A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

02/12/2014 11:10

Nova secretaria só vai incorporar a Guarda Municipal e emenda tira Agetran

Edivaldo Bitencourt e Kleber Clajus
Guardas acompanham votação de projeto na Câmara (Foto: Marcelo Calazans)Guardas acompanham votação de projeto na Câmara (Foto: Marcelo Calazans)

A Secretaria Municipal da Segurança Pública, que será aprovada nesta terça-feira (2) pelos vereadores, vai incorporar apenas a Guarda Municipal. Um acordo entre os vereadores e o prefeito Gilmar Olarte (PP) excluiu a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) da nova pasta.

Segundo o presidente da Comissão de Segurança Pública da Câmara, Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), o projeto terá cinco emendas. A segunda garante que o gerenciamento da secretaria será aprovado pelo Conselho Municipal de Segurança.

O secretário-adjunto de Planejamento, Ivan Jorge, explicou que a nova pasta vai absorver o orçamento e a estrutura da Guarda Municipal, que será extinta com a criação da secretaria.

O novo órgão nasce com um secretário, um secretário-adjunto, quatro chefes, um corregedor, dois gerentes e dois coordenadores.

Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Fiscalização, José Roberto Cueva, o único ponto polêmico era a falta de detalhe sobre a fiscalização do trânsito, que é competência da Agetran e estava sob o comando da nova pasta.

Cerca de 300 guardas municipais acompanham a sessão. Eles foram convocados para comparecer à sessão e pressionar os vereadores a aprovarem o projeto.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions