A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

28/04/2018 12:40

Novidade, “vaquinha” para pagar campanha eleitoral começa no dia 15

Pré-candidato ainda não pode pedir voto, mas já pode pedir dinheiro para financiar projeto eleitoral

Aline dos Santos
Eleitor volta às urnas em 7 de de outubro. (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)Eleitor volta às urnas em 7 de de outubro. (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

Uma novidade entra em cena neste ano eleitoral em 15 de maio. A partir desta data, os pré-candidatos podem fazer vaquinha social para arrecadar recursos. Em resumo, eles ainda não podem pedir voto, mas já poderão pedir dinheiro para financiar a campanha.

Conforme o calendário eleitoral, divulgado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), a partir de 15 de maio é facultado aos pré-candidatos a arrecadação prévia de recursos na modalidade de financiamento coletivo. O modelo foi aprovado pelo Congresso Nacional na última reforma eleitoral e é novidade para arrecadação de recursos.

Segundo a Justiça Eleitoral, as empresas de financiamento coletivo poderão ser contratadas por pré-candidatos para começar a arrecadar recursos, mas eles só receberão o montante para as campanhas após a apresentação de seus registros de candidatura. Caso isso não aconteça, os recursos arrecadados devem ser devolvidos aos respectivos doadores.

Uma das exigências é que, durante a fase de arrecadação, as instituições divulguem a lista de todos os doadores e quantias doadas em suas páginas na internet. O primeiro turno das Eleições 2018 acontece em 7 de outubro. 

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions